FOLLOW US ON SOCIAL

18
maio
2022

1ª Sessão Ordinária: 22/02/2022

ATA da 127ª SESSÃO ORDINÁRIA, do 2º Período Legislativo, da 18ª Legislatura da Câmara Municipal de Camapuã, Estado de Mato Grosso do Sul, realizada com início, às 19 horas, do dia 22 de fevereirooutubro de 2.022, em sua sede própria à Rua Campo Grande, 353, Camapuã-MS; presentes os Senhores Vereadores: Ver. Lellis Ferreira da Silva Presidente; Ver. Ronnie Sandro, 1º Vice-Presidente; Dr. José Dias, 2º Vice-Presidente; Ver. Pedrinho Cabeleireiro, 1° Secretário; Ver. Hélio Policial, 2º Secretário; Ver. Ademar Laurindo; Ver. Jerson Junior; Ver. Prof. Jean; Ver. Marquinho Moreira. Comprovado o número legal de Vereadores para a abertura dos trabalhos, o Vereador Lellis Ferreira da Silva, Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Camapuã-MS, invocando a proteção de Deus e, em nome da liberdade e da democracia, declarou aberta a presente sessão.  Presidente – Ver. Lellis Ferreira da Silva. Em seguida, o Presidente colocou em discussão a Atas: da 3326ª Sessão Ordinária, do 1º Período Legislativo, da 18ª Legislatura, do dia 14 de dezembro 19 de outubro de 2.021; da 1ª Sessão Extraordinária, do 2º Período Legislativo, da 18ª Legislatura, do dia 19 de janeiro 19 de outubro de 2.022.  Logo após, o Presidente colocou em votação as referidas Atas, as quais foram aprovadas por unanimidade. 1º Secretário – Ver. Pedrinho Cabeleireiro – [1]Sociedade de Proteção aos Idosos de Camapuã. OFÍCIO Nº 074/20211º Secretário – Ver. Pedrinho Cabeleireiro – [2]Correspondências Recebidas – PROJETO DE LEI Nº 007, de 14 de fevereiro de 2022, de autoria do Poder Executivo Municipal, que: “Dispõe sobre autorização para abertura de Crédito Adicional Especial e dá outras providências”. PROJETO DE LEI Nº 008, de 14 de fevereiro de 2022, de autoria do Poder Executivo Municipal, que: “Autoriza o Poder Executivo Municipal a celebrar convênio com a Associação dos Estudantes e Acadêmicos Universitários da cidade de Camapuã-AUCA, e dá outras providências”. PROJETO DE LEI Nº 009, de 14 de fevereiro de 2022, de autoria do Poder Executivo Municipal, que: “Revoga a Lei nº 2.249, de 21 de janeiro de 2021, que autoriza o Poder Executivo Municipal a celebrar convênio com a Sociedade de Proteção à Maternidade e a Infância de Camapuã, e dá outras providências”. PROJETO DE LEI Nº 010, de 14 de fevereiro de 2022, de autoria do Poder Executivo Municipal, que: “Autoriza o Poder Executivo Municipal a celebrar convênio com a Sociedade de Proteção à Maternidade e a Infância de Camapuã, e dá outras providências”. PresidenteVer Lellis Ferreira da Silva – Os Projetos de Lei recebidos serão encaminhados para análise e elaboração de Parecer Jurídico e perante as Comissões Legislativas. PEQUENO EXPEDIENTE – Ver. Ronnie Sandro – Estou entrando com três Indicações cobrando ao Senhor Prefeito Municipal para algumas providências que a população nos cobra. A primeira delas é pedindo uma rede de água pluvial  na Vila Belo Horizonte, todos os senhores vereadores, a população que nos assiste sabem da situação daquela vila e para resolver o problema ali só uma rede de água pluvial, porque desce bastante água mesmo ali e toda vez que arruma a vila, dá uma chuva grande, já esburaca toda, então, a situação ali para resolver é uma rede de água pluvial, e a gente está cobrando o Senhor Prefeito, Secretário de Obras e tenho certeza que logo eles vão tomar providências para resolver os problema dos moradores daquela vila. A outra Indicação, cobrando ao Senhor Prefeito, que adquira um terreno para construção de casas populares, sabemos que foi um compromisso do Prefeito de fazer cinquenta casas por ano para a população camapuanense, principalmente para a baixa renda. E passou o primeiro ano e não construímos, já entramos no segundo ano e a população nos cobra com razão, porque aqui em Camapuã geralmente a baixa renda, pessoas que ganham pouco, quando sai casas aqui não conseguem ganhar, e o sonho que a população tem é nessa administração conseguir sua moradia que é o que a pessoa mais espera, ter uma moradia digna, então, a gente está cobrando o Senhor Prefeito para que adquira terreno para construir essas casas populares. A outra Indicação é uma luta da gente de muito tempo pedindo que o Senhor Prefeito resolva o Plano de Cargos e Carreira do funcionário público, é um projeto que a gente lutou na outra gestão, conseguimos trazer aqui na Câmara mas não teve êxito e agora a gente está cobrando e a gente está sabendo que o prefeito já contratou uma empresa, já foi feita licitação, já tem empresa ganhadora e esse Plano de do funcionário público vai ajudar eles muito, porque tem muita gente aí com salário defasado, que vive de gratificação e quando sair esse Plano de Cargos e Carreira a pessoa vai ter um salário melhor, digno e um salário fixo, tantas pessoas, tem várias que precisam de aposentar e não aposentam porque o salário está baixo e com esse Plano de Cargos e Carreira vai regulamentar o salário do servidor público e isso vai ser muito bom. E quem vai ganhar com isso são os próprios servidores. Então são essas minhas Indicações, muito obrigado. Ver. Prof. Jean – Retornamos, Senhor Presidente, população aos nossos trabalhos nesse ano de dois mil e vinte e dois, não paramos desde o início do ano de dois mil e vinte e dois até a presente sessão, fizemos aí algumas reivindicações, algumas observações aí junto ao Executivo Municipal e a outros órgãos, ao todo foram vinte e dois ofícios de Gabinete. Então, vamos destacar algumas solicitações que fizemos: serviços de manutenção na Rua Pedro Marcolino, entre as Ruas Pedro Celestino, BR-060 e Rua Bonfim no bairro Loteamento Bartira; serviço de tapa-buraco ou medida similar na Rua Habib Lawads entre a Rua Antônio Inácio Barbosa e Rua das Margaridas no Residencial Dona Eunice; serviço de tapa-buraco ou medida similar na Rua Agenor Martins dos reis entre as ruas Francisco Faustino e Carlos Hugueney Rodrigues Machado no Bairro Vale do Sol; ampliação da rede de tratamento de esgoto dos Bairros Parque dos Ipês e Vila São Miguel neste município de Camapuã para atender aos moradores que ainda não possuem rede de tratamento de esgoto em suas residências; instalação de rede de tratamento de esgoto na Vila Jardim São Bento neste município, com objetivo de atender aos moradores com saneamento adequado em suas residências e, assim, garantir melhor qualidade de vida à população local; serviço de tapa-buraco ou medida similar na Rua Jerônimo Alves Ferreira e Rua das Margaridas no Residencial Dona Eunice; serviços de manutenção na Rua Cassiana Pereira de Souza, Rua da Ladeira e Rua do Anel, todas localizadas no Bairro Jardim do Éden, outrossim, que seja incluído cronograma da Secretaria de Administração, Finanças e Planejamento, serviços de construção de galerias de águas pluviais e pavimentação asfáltica nessas ruas; serviços de manutenção na Rua Ana Leite Martins e Rua São Miguel, ambas localizadas no Bairro Vista Alegre; serviços de manutenção na Travessa João Mariano, Rua Guaritá e Rua Jatobá localizadas no Bairro Chácara Recreio Brilhante; regulamentação da Lei Municipal 2.142 de 22 de agosto de 2019, que cria vagas específicas para estacionamento de motocicletas e veículos em geral, e veículos de deficientes e idosos no perímetro urbano de Camapuã; entre outros, são vinte e dois e o Ofício nº 22 é solicitando o cumprimento do piso salarial nacional dos profissionais do magistério, da Educação Básica pública para dois mil e vinte e dois, que seja concedido complementação de reajuste do piso salarial nacional dos profissionais do magistério da Educação Básica pública do município de Camapuã para o ano de dois mil e vinte e dois de acordo com a Portaria nº 67, de 04 de fevereiro de 2022 do Ministério da Educação, publicada no Diário Oficial da União. São algumas reivindicações que fizemos, população que nos acompanha, via ofício, nesses meses de janeiro e início de fevereiro. Ver. Ademar Laurindo – Eu gostaria de só antecipar um pouquinho, fazer umas indicações, não pude colocar hoje, mas só vou adiantar. Eu gostaria de fazer com nosso Prefeito Sr. Manoel Eugênio Nery, Prefeito Municipal, e também nosso Secretário de Infraestrutura o Sr. Godofredo, que cascalhasse aquela região lá do Ribeirão onde até ficam uns carros da escola, já fica lá, não tem nem condições de tirar os alunos de lá. E também tem na mesma área ali saindo da Santo Antônio, ali dos Gobbo e também tem lá da Nossa Senhora Aparecida do Almilkar Pess. Então, estão colhendo soja, não vai ter jeito, já conseguimos até o cascalho lá, conseguimos máquina para aproveitar, então, gostaria de falar para o prefeito que desse uma olhada bem profunda naquele trabalho lá que vai ser muito beneficente para colher os produtos, para retirar a soja do pessoal e os alunos aproveitar para tirar, porque fica o carro já posto lá e não tem como sair de lá, então, vai estar bem prático para fazer. Então, não deu para fazer a indicação, mas antecipando essa parte aqui. Também antecipar a ele para que compre uma carreta prancha para que possamos transportar os maquinários. Porque fica rodando para cima e para baixo e, com certeza, estraga sempre andando na rua, na estrada, então, queria ver se conseguimos comprar uma carreta prancha para fazer o transporte desses maquinários. GRANDE EXPEDIENTE – Ver. Marquinho Moreira – Senhor Presidente, hoje estou entrando com apenas uma indicação. O Vereador Marquinho Moreira que a presente subscreve, solicita à Mesa, após tramitação regimental, que seja encaminhado expediente ao Ilmo. Sr. Euro Nunes Varanis Junior – Superintendente Regional do DNIT no Estado de Mato Grosso do Sul fazendo a seguinte solicitação: que seja feita a manutenção e limpeza das margens da BR-060, principalmente no trecho entre o Posto São Pedro e o Trevo do Figueirão. JUSTIFICATIVA: As margens da rodovia BR-060, bem como o trevo do Figueirão encontram-se tomados por mato, necessitando urgentemente de limpeza, roçada e demais serviços de manutenção, pois da forma como se encontra pode ocasionar acidentes gravíssimos devido à falta de visibilidade para os motoristas. Não sei se vocês estiveram reparando, pois, o Trevo do Figueirão, o jeito que está, se ali não tiver jeito de fazer uma limpeza, uma manutenção pode ocasionar um acidente. Então, a gente pede ao Superintendente do DNIT que faça essa limpeza o mais rápido possível. Senhor Presidente, hoje quero estar cobrando aqui na tribuna o nosso Secretário de Saúde sobre os agentes de saúde do nosso Município. Eu andei indo nas casas procurando e me informando e tem casas que os agentes de saúde estão há muito tempo sem passar e faz tempo que venho cobrando aqui. Eu gostaria que se o secretário tivesse nos vendo aí através da rede social, “secretário, tome providências sobre os agentes de saúde”, pois está difícil, as pessoas estão reclamando, chega ao vereador e cobra, e cobra com razão, e a gente tem que passar para o senhor. Os agentes de saúde parecem que não estão mais tendo aquelas visitas que tinham, ir lá, conversar, ver o remédio, essas coisas. E precisa – não é, Dr. José? –  é uma importância para trazer para o médico, ou seja, muita informação para o médico poder estar medicando. O doutor pode até falar sobre isso, medicando melhor o paciente. Então, o pessoal está cobrando este vereador e o vereador está cobrando aí o nosso secretário de saúde. Também quero deixar uma cobrança aqui para o nosso prefeito Manoel Nery. [3]O prefeito quando foi fazer campanha. Não é, prefeito? Falou que asfaltaria cem por cento do município de Camapuã e o vereador está aqui para cobrar. O povo cobra. E nós estamos aqui para cobrar o senhor e até hoje está vendo as obras da gestão passada e poucas obras estão acontecendo nesta gestão. Então, prefeito, já que o senhor falou que iria asfaltar cem já teria que estar ao menos trinta por cento asfaltado, já se vai quatorze meses da gestão do senhor e a gente vai vendo pouca coisa feita nesta gestão. Não só cobrar, mas também agradecer ao prefeito e secretário de obras pela limpeza que fez à beira do rio, roçada que fez e algumas poda de árvores. Está faltando muito, pois aqui perto da nossa câmara mesmo estamos passando, daqui uns dias teremos que abaixar, pôr as mãos ao chão para poder passar debaixo das árvores, tem que fazer a poda das árvores. Porque isso leva problemas nas redes de energia e também para as pessoas que estão transitando, pessoas que estão usando cadeiras de roda e até nós que estamos passando e estamos precisando. Foram estas as minhas palavras, senhor presidente – Ver. Pedrinho Cabeleireiro – Senhor Presidente, trago hoje aqui uma cobrança que nós, já lá atrás, havíamos trazido aqui em tribuna inclusive, eu naquela época, faz quase um ano andei juntamente com o Vereador Hélio Policial, fizemos vídeos, levamos à rede social para ver a situação que se encontrava e até hoje a gente vê que o nosso secretário, ele não passou naquela redondeza, para vocês terem conhecimento e o vereador lembrar aqui, a região da água quente, está lá intransitável, o povo está nos cobrando, o bambu está pegando na nossa moleira. Eu estou aqui em nome da nossa população, em nome dos produtores que contribuem, que pagam o Fundersul. Porque o imposto tem, então, nada mais justo do que reverter boas ações para a nossa população, o povo precisa tirar seu gado, então, vejo vereadores cobrando e muito das vezes, um sendo atendido. Eu até acho assim, senhor presidente, vejo que na gestão passada, nego às vezes falava “parece que aqui nesta Casa só tem um vereador que é atendido”, que naquele momento era eu. Não sei se Vossa Excelência lembra muito bem disso. Mas parceiros vereadores falavam, mas hoje vejo nessa Casa que tem dois ou três que são atendidos pelo secretário de obras, mas quero deixar aqui registrado para o secretário, que o pedido, Vereador Hélio, Vereador Jerson, Vereador Dr. José, não é desse vereador. É das pessoas que acabei de falar aqui que pagam seus impostos, então, estou aqui cobrando o que o povo nos cobra. E eu não vou me omitir, me furtar, se for de falar eu vou falar, o senhor muito bem me conhece, mas não posso fugir da minha atribuição, fui eleito e tive trezentos e vinte e nove votos, teve trezentas e vinte e oitos pessoas que confiaram neste parlamentar. Então, eu volto aqui hoje nesta tribuna indignado, insatisfeito com a atuação do nosso secretário. Porque acho que ele tem que pôr o pé no acelerador e não andar de marcha ré, tem que andar, tem que percorrer o município. E eu não vou me curvar aqui e fingir que não estou vendo e fingir que o povo não está me cobrando. Eu não posso me acovardar, Vereador Hélio Policial, pelas pessoas que me colocaram aqui. Então, a gente pede, senhor presidente, que o senhor secretário, se estiver nos acompanhando, ou se tiver algum mensageiro, que leve, que mande ele assistir este parlamentar aqui nesta tribuna para que ele reflita e que atenda. Porque, senhor presidente, os vídeos vão comer, e o bambu vai pegar na moleira dele, vou chacoalhar o bambu na moleira do nosso secretário. Porque eu não vou apanhar da nossa população que paga o meu salário, que paga nós muito bem, Vereador Hélio, Vereador Prof. Jean e eu fingir que não estou vendo, fingir que não estou sendo cobrado, então, a gente pede que além do cascalhamento, patrolamento daquela estrada, que seja feito a ponte que está quase caindo. Então, peço, senhor presidente, que o líder do prefeito leve esta mensagem ao prefeito, leve esta mensagem ao secretário, porque eu vou estar aqui incansavelmente cobrando. Esta é a primeira sessão, igual eu vi aqui o vereador falar que a gente está de recesso, a câmara estava de recesso, mas o vereador não entra em recesso, vereador não para, a população cobra nós, Vereador Hélio, todos os dias. Então, a gente fica muito triste com o posicionamento do secretário. Tivemos eu e o Vereador Jerson, convidei o vereador Jerson para olhar uma rua e este parlamentar aqui fez indicação, não estou nem fazendo indicação porque não atende, nem olha ali no Bairro São Francisco, Rua Itapuã, para vocês ver, o povo fez vídeo lá, colocaram o nome deste parlamentar no vídeo, falou que eu estou adormecido, estou anestesiado, mas estou aqui, e vou voltar e vou chacoalhar a mamona na cabeça do nosso secretário, pois anestesiado esta ele nesta pasta porque eu não sou executor. Estou aqui para cobrar, fazer as reivindicações. Então, o nosso secretario que levou anestesia, Dr. José, está anestesiado, então, a gente espera providências dele quanto ao pedido da nossa população que paga o seu IPTU que chegou na moleira do nosso povo e sempre chega, é todo ano. Então, nada mais justo que estar atendendo porque o pedido não é nosso. É que nem a mulher falou para nós, ou seja, a moradora falou para mim e para o Vereador Jerson que em tempos de período chuvoso, nem tatu de chuteira sobe naquela estrada. Eu fico aqui indignado, quero aqui parabenizar o Vereador Jean pela cobrança da Rua Jatobá, que o povo também nos viu ali e chamou atenção desses dois parlamentares que estavam ali naquela redondeza, naquele momento, que foi eu e o Vereador Jerson, a gente foi lá e mostrou da aberração, da bagaceira que se encontra a Rua Jatobá, na chácara Brilhante. Então, a gente pede que o nosso secretário e que o nosso líder leve esta mensagem porque a população não está a contento. E vamos estar aqui sempre batendo na mesma tecla, mas em defesa da nossa população, não entrei aqui de vereador para agradar prefeito, para agradar vereador e nem para agradar secretário, estou aqui para agradar nossa população. E eu acredito que os senhores vereadores têm o mesmo posicionamento que este parlamentar, nós não estamos aqui de bonito, nós estamos aqui para trabalhar, para mostrar serviço, porque recurso, senhor presidente, nós estamos correndo atrás, buscando recursos para ajudar o prefeito com emendas estaduais, federais e muito bem fez esta câmara em ajudar. Hoje vejo esta câmara muito bem-intencionada, todo mundo correndo atrás e aqui todos têm recursos colocados através de seus deputados estaduais e federais e senadores. Então, nada mais justo que o secretário tire o pé do freio e colocar o pé no acelerador e atender as reivindicações. Não são minha não, Vereador Hélio, ele não vai estar atendendo eu. Em meu bairro está bonitinho, esta bacana, como bem diz aqui o vereador Marquinho Moreira, até cobramos muito do ex-prefeito Delano, deixou licitado, organizado e está lá feito e bem feito, executado pelo nosso prefeito Manoel Nery, mas é fruto da gestão anterior. Isto a gente tem que falar porque eu cobrei. Eu fiquei no pé dele e ele fez o compromisso de deixar organizado e o prefeito Manoel executou. Está lá pronto. Então, na porta da minha casa, do meu bairro, ali as pessoas estão contentes, mas por aí as pessoas estão tristes, dá uma andadinha ali pelo Bairro Alto para vocês verem, pois está uma aberração total, está uma capoeira só. E eu não posso me furtar, eu não posso me furtar, não adianta querer ficar brabo e falar que o vereador está revoltado, não. Estou em defesa da nossa população. Porque não adianta amanhã ou depois, eu voltar lá no bairro ou na casa da cidadã ou cidadão para pedir o abençoado do apoio e a pessoa falar que eu estava engessado, anestesiado, como está bem hoje nosso secretário. Então, fico muito triste com o decorrer do que vem acontecendo em nosso município. E peço ao líder que converse com nosso secretário para que ele amoleça o coração e atenda o parlamentar, mas que atenda os moradores aqui da cidade, da área rural que dependem de melhoria, que dependem de estrada. Eu até estava conversando hoje com o vereador Dr. José, está aqui e tem propriedade ali para frente, não só ele não vai falar do parlamentar não, vou falar das pessoas que dependem daquela estrada, da Região dos Peralta e a gente sofrendo aqui, até vi incansavelmente o Vereador Ronnie Sandro falando aqui nesta tribuna, nós também cobrando sobre a questão daquela erosão. E já se passaram cinco anos, ou seja, quatro anos do ex-prefeito e um ano da gestão do prefeito Manoel Nery. E o nosso secretário, cadê? Tem que andar, tem que tirar a bunda da cadeira, tem que percorrer e se não está contente pede licença e sai, mas tem que ajudar nosso prefeito. Porque, senhor presidente, eu não vou, porque nós somos para-choque da gestão, sou da base do prefeito, sou parceiro do prefeito, inclusive sou do partido do prefeito, até daqui uns dias, porque acho que o prefeito vai mudar de partido, vai para o partido do Vereador Jerson Junior, mas a gente não vai deixar de ser parceiro. A gente vê reclamação, senhor presidente, dessa pasta. E se tiver de outra pasta o parlamentar vai vir aqui e chacoalhar a moleira também. Não estou aqui Vereador, Hélio Policial, para agradar secretário, não é ele quem paga meu salário, quem paga meu salário é o povo, o povo também paga o salário dele, eles também são empregados da população e têm um salário bom. Então, eles têm que entender que nós enquanto parlamentares somos muito cobrado, inclusive, o secretário que esta ai foi vereador, tem conhecimento, não adianta ele falar que estou pegando jeito da situação, passou por aqui e tem a experiência própria, sabe que o parlamentar é cobrado, mas ele quer anestesiar a câmara de vereador, quer deixar a dois, três, quatro vereadores aparecendo e os outros adormecidos, mas eu não vou me acovardar, e o bambu vai pegar na moleira do secretário, senhor presidente, até ele tomar posicionamento e atender esta câmara de vereador que ajuda o executivo. Porque se esta câmara aqui não estivesse trabalhando para ajudar o prefeito eu ficava quieto, mas nós estamos aqui fazendo o nosso trabalho, trazendo as emendas e gostaríamos que o nosso secretário atendesse – não os parlamentares – mas as reivindicações que eles trazem que não são nossas, mas são da nossa população – Ver. Hélio Policial – Senhor Presidente, enquanto a gente observa a fala dos nobres vereadores, não só agora nesta primeira sessão como também praticamente durante todo o ano de dois mil e vinte e um, enquanto a gente vê o prefeito receber honrarias de bons trabalhos em nível estadual e, agora, na rua aqui, na sessão solene da abertura dos trabalhos que irá receber no nordeste do nosso país de excelentes trabalhos, a gente nota colegas cotidianamente nas sessões aqui ofertar reclamações de todo cunho direcionadas apenas a um secretário. E também podemos aqui frisar, não só o prefeito como a gente nota que o secretário de administração trabalha em horário para o município, fora do horário, a gente passa ali às cinco e meia da manhã, seis horas da manhã já está trabalhando, à noite está trabalhando em prol da nossa cidade. A gente vê com bastante tristeza os colegas reclamarem de um determinado secretário. Algo tem que ser avaliado, conversado e tentar alinhar isso, pois como bem disse o Vereador Pedrinho Cabeleireiro, os trabalhos devem ser feitos para a população, não para os vereadores que aqui solicitam, pois apenas somos representantes do povo no tocante a esse elo entre a população e a administração pública. Senhor Presidente, tem um comportamento, é talvez um pouco incomum nesta câmara de vereadores, não sei se isto já existiu aqui, até porque é meu primeiro ano de mandato,  retirar uma indicação feita por mim, fiz uma indicação no dia quinze de maio do ano passado pedindo para fazer uma manutenção, pasmem, senhores, manutenção em uma estrada a cerca de um quilômetros, um quilometro e meio ali nos fundos da fazenda Brejon, pedindo que fosse colocadas umas pedras ali, inclusive, os moradores de lá já têm as pedras tiradas, era só levar os caminhões lá e fazer o cascalhamento ali naquela região dos fundos da fazenda Brejon, e queria se beneficiar dali o proprietário Sr. Nilson Trindade, o Sr. Luiz Carlos Pazinatto e o Sr. Mauro dos Santos e não foi feito, Vereador Pedrinho Cabeleireiro. E eu estou pedindo a retirada dessa indicação porque hoje, de forma bastante triste, eu recebi a informação que os moradores fizeram por conta própria, a gente lamenta, porque tem quase um ano que este vereador, líder do prefeito, repito, enquanto o prefeito recebe as honrarias pelo excelente trabalho que está fazendo, a gente ouviu aqui ele mesmo falando que vai ser um investimento de quase dez milhões em pavimentação asfáltica na Pontinha do Cocho, lançamento de diversas obras, a Policlínica, Poliesportivo, Ginásio e por aí vai um excelente trabalho, a gente fica triste em ver, então, fica aqui o meu pedido para que seja retirada essa indicação do dia quinze de maio de dois mil e vinte e um. E também a gente fica bastante triste porque fizemos um vídeo solicitando a manutenção de uma rua no Bairro Alto e, naquela mesma ocasião, encaminhamos um morador que está enfermo fazendo tratamento de saúde, encaminhamos até a assistência social, foi feita uma avaliação. E este cidadão tem direito, está desempregado, tem direito a uma cesta básica e a assistência social foi levar lá, Vereador Pedrinho Cabeleireiro, no local e, pasmem, Vereador Ademar Laurindo, não conseguiu chegar até a residência daquele beneficiado daquele cidadão por conta das condições que se encontra a estrada. A gente sabe das dificuldades, Vereador Marquinhos Moreira, sabemos de todas as dificuldades, mas esta Câmara de Vereadores vem trabalhando incansavelmente para dar o suporte, seja ele de buscar emendas, falar com os secretários de Estado em busca de melhoria para o nosso município e, mais uma vez de forma bastante triste, a gente recebeu essa informação de que o veículo da assistência social não conseguiu chegar por conta das condições da via. Senhor Presidente, em dois mil e vinte e um eu fiz uma indicação aqui ao Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública e agora eu quero conclamar a todos os colegas vereadores para que façamos um oficio ao Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, já que o governador de Estado anda isentando imposto de IPVA e licenciamento de motocicletas, e seguro de motocicletas até cento e cinquenta cilindradas, a gente pede que ele avalie aquela indicação feita por este parlamentar, solicito que todos os colegas assinem juntos para termos uma força maior, para que diminua o valor da segunda via do documento de RG que é um absurdo, Vereador Ronnie Sandro. É o valor mais alto do Brasil, da República Federativa do Brasil. Um absurdo. O Mato Grosso do Sul cobra aproximadamente duzentos reais em uma segunda via de documento de RG, Dr. José, então, a gente pede para que a secretaria da câmara elabore esse ofício colocando o nome de todos os colegas vereadores para assim chegar com peso maior até o governador, até o Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, o Sr. Antônio Carlos Videira, para que ele avalie com carinho essa situação e diminua esse valor das segundas vias dos RGs. Presidente –  Ver. Lellis Ferreira da Silva- Excelentíssimo Vereador Hélio Policial, vamos fazer então, uma opinião, acredito que todos nós vamos concordar, fazemos a indicação, todos nós vereadores assinamos e mandamos via oficio para o Secretário de Justiça do Estado, bem como para o nosso governador do Estado para que avalie essa situação que é de muita importância para atender a nossa população. Ver. Hélio Policial- Perfeito, Senhor Presidente. Muito obrigado. E assim convido os nobres colegas para assinarem essa indicação que será encaminhada via ofício. E solicito aqui, Senhor Presidente, também já nesta mesma ocasião, fiz um vídeo ali orientando as nossas pessoas, a nossa população, inclusive, essa solicitação, esse vídeo deste parlamentar ele não atinge somente a nossa população, mas toda a população do Estado de Mato Grosso do Sul. O que vem acontecendo, Senhor Presidente? A Secretaria de Estado Justiça e Segurança Pública dispõe de um mecanismo de agendamento para você conseguir retirar a primeira via ou segunda via de identidade somente de forma eletrônica. E lá no site da SEJUSP existe um login que você acessa e é direcionado àquela plataforma que você faz o seu recadastramento, seu agendamento, seja ele de primeira ou de segunda via, e ali você escolhe a data de forma totalmente gratuita, ocorre, senhor presidente, que existem alguns aproveitadores que estão jogando alguns sites que são pagos aí pelo google, que ele aparece quando você faz a busca pelo site de agendamento, ele aparece em primeiro lugar, aquelas pessoas que não detêm conhecimento acaba acessando esse site e, esse site, cobra uma taxa de aproximadamente vinte e cinco reais. Convido todos os colegas vereadores para que façamos uma indicação ao Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, o Sr. Antônio Carlos Videira, ao governador do Estado para que faça gestão para que esse tipo de situação não ocorra já que o Estado do Mato Grosso do Sul dispõe do site totalmente gratuito para fazer o agendamento que, esse site gratuito, apareça em primeiro lugar quando você faz a busca pelo site, então, que tenha uma campanha para orientar as pessoas que o agendamento é totalmente gratuito, não precisa pagar nada. Então, solicito essa solicitação nossa seria para que o Estado do Mato Grosso do Sul criasse um mecanismo para que, esse site se tiver de forma ilegal que seja tirado do ar, ou que o site da SEJUSP que é gratuito apareça nas buscas na primeira opção, então, seria essa solicitação que não iria atender só a nossa população. Dr. José, mas como também todo o Estado do Mato Grosso do Sul. Essa é uma solicitação. Importante fazer uma colocação na solicitação e parabenizar o Vereador Professor Jean em relação ao piso salarial que a gente vê bastante falar nos trinta e três por cento de reajuste, se eu não me engano, art.37, inciso IX da Constituição Federal que prevê isso desde 1988, a Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, já prevê a condição de uma revisão anual do acumulado da inflação. Então, se nós avaliarmos que por conta da Lei nº 173 ficamos dois anos sem receber nada de revisão ou reajuste, os nossos professores, a nossa base de uma sociedade, eles estão recebendo um pouco mais de quinze por cento. O restante, Vereador Professor Jean, nada mais é do que uma revisão, ou seja, é um direito constitucional previsto, se eu não me engano lá no art. 37, inciso IX da Constituição Federal. Então, reforço aqui, o seu pedido para que o prefeito faça uma avaliação dos nossos professores, tira essa revisão do lado, a gente não sabe que condições orçamentarias se encontram o nosso município, mas que façam uma avaliação e veja com carinho, não só os professores como também os servidores públicos que estão há dois anos sem receber nenhum reajuste e sequer a revisão, Vereador Jerson. Então, está bastante defasado, o poder de compra da população está muito baixo, hoje, um mercado, a dona de casa vai ao mercado encontra tudo caro. Então, a gente pede para o prefeito, para o secretário de administração que faça uma avaliação com cautela, com carinho, para tanto os professores e servidores da educação, como para nós servidores públicos e para o senhor também, vereador, para o ano que vem faça uma avaliação para nós servidores desta Casa de Leis. Muito obrigado. Presidente – Ver. Lellis Ferreira da Silva – Em respeito à solicitação do Excelentíssimo Vereador Hélio Policial, vamos fazer a análise, sim vereador, para que o ano que vem possa ter para os nossos servidores um reajuste além da inflação, conforme ideia e solicitação de Vossa Excelência. Ver. Prof. Jean – Neste Grande Expediente da primeira sessão, trazendo algumas indicações. A primeira indicação é endereçada ao prefeito Manoel com cópia ao secretário Jean, secretário Giovanni, secretário André Luiz, que seja realizado estudo por parte do setor competente da Prefeitura de Camapuã-MS com a finalidade de designar local apropriado para a instalação de um canil municipal. Atualmente, é perceptível o grande número de animais (cães e gatos) abandonados em nossa cidade. Nesse sentido, é fundamental que o Poder Executivo encontre mecanismos a fim de possibilitar um local para alojar esses animais e, posteriormente, realizar campanhas de adoção e de conscientização relacionados à causa animal. A indicação número dois, encaminhada ao prefeito Manoel com cópia ao secretário Jean, secretário Godofredo, Governador Reinaldo, Secretário Riedel e à Sra. Maria do Carmo Avesani Lopez, presidente da AGEHAB, que seja instituído programa Habitacional no município de Camapuã-MS com a finalidade de construção de casas populares ou similares. A indicação supracitada tem a finalidade de ajustar o déficit habitacional em nosso município o qual afeta principalmente as famílias de baixa renda que tem dificuldade de pagar aluguéis devido ao elevado valor do mercado imobiliário. Igualmente, a melhoria da qualidade de vida perpassa pelo sonho de grande parcela da população em conquistar o direito à casa própria. Indicação três, encaminhada ao prefeito Manoel, com cópia ao secretário Jean, secretária Selma, que seja instalado em todas as Escolas da Rede Municipal de Ensino, bem como nas Creches Municipais, sistema de monitoramento externo por câmeras de segurança e também instar portão eletrônico nas referidas unidades de Ensino. É de fundamental importância que sejam realizadas ações para aumentar a segurança de toda comunidade escolar. Assim sendo, o sistema de câmeras externas e portão eletrônico trarão maior segurança e tranquilidade aos nossos alunos, pais e profissionais da educação. Indicação quatro, prefeito Manoel, secretário Jean, secretário Godofredo, Governador Reinaldo, secretário Riedel, nossa Deputada Estadual Mara Caseiro, que seja realizada pavimentação asfáltica em todas as ruas da Vila Jardim São Bento que ainda não possuem essa infraestrutura. A Vila Jardim São Bento possui algumas ruas pavimentadas, porém, é essencial que toda população local possa ser atendida com essa infraestrutura que, com certeza, trará maior conforto, qualidade de vida e valorização de seus imóveis. Notadamente que é primordial também a realização dos serviços de captação de águas pluviais através de galerias e da implantação de rede de tratamento de esgoto em toda vila. Indicação cinco, encaminhada ao prefeito Manoel, secretário Jean, secretária Selma, que seja realizada a revitalização nas quadras de futebol e vôlei de areia localizadas no Estádio Joaquim Faustino Rosa (Carecão). Além da troca de areia, é necessário que seja feito um sistema de drenagem de águas pluviais nas quadras e o preparo do solo, já que em época de chuva a areia perde sua qualidade para a prática das modalidades supracitadas. Com a prática de esportes é possível controlar e prevenir diversas doenças, reduzir a pressão arterial, diminuir o estresse, melhorar a qualidade de vida. Possibilitar a prática esportiva é pensar na saúde de nossa população. Indicação seis, encaminhada ao prefeito Manoel, secretário Jean, secretária Selma, que seja realizado neste ano de dois mil e vinte e dois a implantação de escolinhas de iniciação ao futebol, tanto futsal como futebol de campo como forma de incentivar as crianças e adolescentes de nosso município para a prática esportiva. Sabemos que nosso município possui vários espaços esportivos para a implantação e realização de projetos voltados ao esporte de uma forma geral. Nesse sentido, cabe ao Poder Executivo se organizar de forma que venha a incentivar crianças e adolescentes de nossa cidade sobre a importância da prática de esportes, sejam quais forem, neste caso, o futebol. Projetos como esse de escolinhas de futebol dariam oportunidades e valorizariam também os diversos profissionais de Educação Física do nosso município. Indicação sete, prefeito Manoel, secretário Jean, secretário Giovanni, secretário André Luiz, que seja implantado pela prefeitura de Camapuã neste ano de dois mil e vinte e dois um programa similar a uma feira, com o intuito de valorizar o pequeno artesão, o pequeno produtor e seus produtos. É fundamental que o poder público encontre mecanismos a fim de auxiliar, capacitar e informar os pequenos artesãos e os pequenos produtores para que tenham a oportunidade de comercializarem seus produtos em um ambiente organizado e estruturado como uma feira. Indicação oito, encaminhada ao prefeito Manoel, secretário Jean, que seja instalado um bebedouro na praça pública municipal localizada no bairro Vale do Sol com afixação de placas contendo os seguintes dizeres: “não compartilhe objetos para beber água”; “traga o seu próprio copo ou garrafa”; “continue com as medidas de prevenção”; “a pandemia não acabou”. Trata-se de uma praça pública municipal localizada no bairro Vale do Sol conhecido popularmente por “Marrocos”, onde existe uma pista de skate, uma academia ao ar livre e uma quadra poliesportiva, na qual há espaços bastante utilizados pela população. Nesse sentido, seria importante a instalação de um bebedouro para atender aos esportistas e visitantes.  Indicação nove, encaminhada ao prefeito Manoel, secretário Jean, secretário Godofredo, que seja realizada pavimentação asfáltica na Rua Carlos Hugueney Rodrigues Machado no Bairro Vale do Sol.  Trata-se de uma rua localizada no Bairro Vale do Sol popularmente conhecido por “Marrocos”, sendo a única rua que ainda se encontra [4]sem pavimentação asfáltica. Trata-se de uma rua com pequena extensão e a sua pavimentação seria de fundamental importância para os moradores que ali residem, uma vez que trará mais acessibilidade, bem como valorização de seus imóveis. Indicação dez, encaminhada ao Prefeito Manoel, Secretário Jean, Secretário André Luiz que seja realizada reforma e adaptação no prédio do almoxarifado da secretaria de saúde a fim de servir como base para o SAMU – 192 de Camapuã-MS. Atualmente, nesse prédio supracitado funciona o almoxarifado da secretaria de saúde, porém, seria de extrema importância que o local fosse reformado e adaptado para servir de base para o SAMU – 192. Então, essas, população de Camapuã, foram as nossas indicações nesse Grande Expediente da sessão de hoje. Professor Jean, sou Camapuã. Ver. Jerson Junior – Senhor Presidente, quatro indicações. A primeira endereçada ao Sr. Euro Nunes Varanis Junior – Superintendente Regional do DNIT em MS,  com cópia ao nosso Senador Sr. Nelson Trad Filho, ao nosso Deputado Federal Fábio Trad e ao nosso Prefeito Municipal Manoel Nery para que seja, isto é, é uma demanda acho que cobrada por todos os vereadores desta Casa de Leis: que seja realizado em caráter de urgência manutenção de tapa buraco e retirada de ondulações (defeitos na pista) em toda a extensão da BR-060 dentro do perímetro urbano de Camapuã (Rua Pedro Celestino). Reclamação dos pedestres, motoristas e comerciantes, essas ondulações, esses defeitos na pista, principalmente na região central do município de Camapuã, já causaram vários acidentes com os pedestres, causou acidentes com os motoristas, principalmente com o pessoal das motos. Então, essa é uma demanda que o DNIT precisa resolver urgente. Até porque sabemos que existe uma empresa que presta serviços terceirizados para o DNIT. Então, nada mais justo que eles fazerem essa manutenção. Não é, Senhor Presidente? Evitar um risco maior. Infelizmente no ano passado já perdemos um cidadão camapuanense em decorrência de acidente no centro da nossa cidade, um acidente trágico e acho que nós não queremos que aconteça novamente. Então, fica o pedido ao Superintendente Regional do DNIT. Três indicações, todas direcionadas ao Secretário de Infraestrutura Godofredo, com cópia ao Prefeito Municipal e todas elas no Bairro São Bento, Vereador Dr. José. Para que seja realizado abertura da Rua Belém com início na Travessa Piauí até Rua Maranhão. No mapa do perímetro urbano de Camapuã, é uma rua, mas chegar ali é só mato Dr. Então, nada mais justo que colocar conforme está no mapa do perímetro urbano da nossa cidade, abrir essa rua de encontro com a Rua Maranhão, é a Rua Belém, para facilitar o acesso da população em sua locomoção até o centro da nossa cidade. Nós sabemos que o bairro São Bento é um pouco asfaltado do centro, então, vamos facilitar a vida dos munícipes. Segunda indicação, para o Secretário: que seja realizado manutenção nas vias sem pavimentação asfáltica no Bairro São Bento com as Ruas Abolição e Centenário, as ruas Amapá, Manaus e Rondônia a partir do encontro com Rua Belém e também parte da Rua Belém. O ex-prefeito Delano realizou a pavimentação asfáltica do bairro, mas não concluiu, fez por partes. Eu não entendi na época, não era vereador, Vereador Dr. José Dias, Nobre Vereador Marquinho Moreira, mas me causou muita estranheza deixar poucas metragens das ruas que eu citei sem a pavimentação asfáltica. Mas pedimos ao prefeito uma manutenção, pelo menos uma manutenção com cascalhamento, uma organização na rua, um aceiro enquanto a pavimentação asfáltica não chega esse bairro, totalmente no bairro. Presidente – Lellis Ferreira da Silva – A título de complementação da Vossa fala, Excelentíssimo Vereador. Quando foi feito o projeto para atender o Bairro Jardim São Bento, o governador do Estado, colocou no processo apenas duas ruas. Naquela oportunidade, eu, o Excelentíssimo Vereador Ronnie Sandro, o Vereador Pedrinho Cabelereiro que éramos daquele mandato, a gente pediu, tivemos reuniões e foram acrescentadas mais duas, três ruas. Mas é importantíssima a fala da Vossa Excelência, essa cobrança, para que os moradores do Jardim São Bento, no futuro possa, que o bairro esteja cem por cento de asfalto, pois é um bairro no centro. E realmente ficamos tristes que hoje não está sendo contemplado com asfalto no bairro inteiro. Mas se Deus quiser, no futuro, a população daquele bairro será atendida. Ver. Jerson Junior – Obrigado, Senhor Presidente. Com certeza a expectativa nossa é que a população, as poucas ruas que ficaram sem a pavimentação asfáltica sejam atendidas, ou seja, até para levar mais dignidade aos moradores, valorizando o imóvel deles também. A última indicação: que seja realizado em caráter de urgência a manutenção de tapa buraco na Rua Campo Grande entre as ruas Amapá e Abolição, bem como a mesma demanda na esquina da Rua Manaus com Belém, onde possui buraco no meio da via, todos no Bairro São Bento. Verificando in loco a situação do bairro, na Rua Campo Grande, só não caiu um veículo lá, Vereador Ronnie Sandro, porque os moradores colocaram dois cones de sinalização para evitar esse problema. O buraco está fundo, perigoso e a nossa sorte é que a chuva deu uma trégua, mas se ficasse com mais frequência conforme foi nos outros dias, provavelmente, ia levar o restante da rua. E aí é um prejuízo para o município, prejuízo para os cofres públicos. Porque foi gasto o dinheiro da população para fazer esse asfalto – que seja através de recursos do Estado – mas o munícipe também paga emposto estadual. E está acabando o asfalto. Então, o secretário tem que dar uma atenção antes que acabe o restante do asfalto, ou seja, resolver aquele problema que, por enquanto, está fácil de resolver, mas se demorar um pouquinho eu acho que vai ter que fazer um asfalto novo, Senhor Presidente, infelizmente. Em relação às cobranças dos vereadores que me antecederam, também pontuar a emenda parlamentar do nosso Deputado Estadual Evander Vendramini para o ano de dois mil e vinte e dois, quarenta mil reais (R$ 40.000.00) destinados para a aquisição de aparelhos de ar-condicionado, computadores e outros equipamentos para a Escola Municipal Lucas Alves do Vale. A secretária está atendendo uma indicação nossa realizada no ano de dois mil e vinte e um, está ampliando a sala de coordenação, de direção e depósito. Então, nada mais justo que a gente contribuir, como já vem contribuindo com a gestão, trazer recursos para evitar que o município tenha que gastar. Nós estamos trazendo recursos para adquirir equipamentos para a escola que já está passando por um processo de pintura, de algumas manutenções pontuais. Então, vamos ajudando administração pública assim como os outros vereadores. A emenda parlamentar do nosso Deputado Federal Fábio Trad no valor de duzentos e cinquenta mil reais (R$ 250.000.00) destinado para a secretária de saúde do nosso município para aquisição de um veículo de transporte dos pacientes que precisa se deslocar de Camapuã-MS a Campo Grande-MS para fazer hemodiálise. Sabemos que é um processo triste, tortuoso para quem tem que passar pela hemodiálise e nada mais justo que destinar um veículo – mais confortável e novo – para que essas pessoas possam se deslocar de Camapuã-MS a Campo Grande-MS e voltar para as suas casas com segurança e um pouco mais de conforto. Porque pelo o processo que eles passam, infelizmente, Vereador Dr. José, é um processo que judia do ser humano. Então, o nosso compromisso com algumas pessoas que solicitaram essa demanda, compromisso já confirmado com o secretário de saúde e com o nosso deputado que será destinado para essa finalidade. Falar também da Região do Barreiro, Pirizal, fizemos um vídeo, fizemos visita, antes das pontes caírem, Vereador Dr. José, realmente a prefeitura estava fazendo um trabalho, chegou com esse trabalho de manutenção até próximo da Ponde do Barreiro conforme relato dos moradores da área rural, ficou um trabalho bom, facilitou muito o acesso deles, mas depois da Ponte do Barreiro o negócio está feio. Então, tem moradores, produtores rurais que estão precisando usar o próprio equipamento, trator, para fazer um tapiazol, vamos dizer assim, para conseguir tirar o gado. E foi uma cobrança junto ao prefeito, conversamos com ele, com o secretário de infraestrutura, conversou com os produtores da região, se comprometeu a mandar o maquinário porque o pessoal forneceu até o cascalho. Mas conforme relato do pessoal dos produtores o secretário disse que não vai fazer o serviço porque o cascalho de lá não é de boa qualidade. Eu me pergunto, como vereador, como representante do povo: Por que que não faz a manutenção com o cascalho que tem ali? Então, se não é tão bom como deveria ser, explica para os produtores, mas atendi a solicitação, resolve o problema agora. Quem é produtor de gado, para quando ele precisa fazer o transporte do gado para o abate, sabe o que ele tem que passar, sabe o problema que ele tem que enfrentar. E aí depois a gente cobra, assim como bem falou o Vereador Pedrinho, aí nós somos chatos, “vereadorzinho fica cobrando, falando as coisas’. Graças a Deus eu tenho uma estatura boa, não sou tão pequeno, mas também não tem problema nenhum se eu fosse pequeno, não. Pode ser vereadorzinho, vereadorzão, vereador do jeito que for. Eu sou representante do povo. É para isso que eu estou aqui. Não me interessa se eu vou ficar um mandato, se eu vou ficar dois, se eu vou ficar três, eu estou trabalhando por esse mandato, para o povo de Camapuã, ou seja, independente se volto em mim ou não. Agora, eu acho que é necessário fazer um trabalho de averiguação nos principais pontos que necessitam de atenção urgente. Nós sabemos que a extensão territorial do município de Camapuã das estradas rurais é estrondosa, sabemos que o Prefeito Manoel Nery não vai conseguir fazer tudo que precisa ser feito nestes quatro anos. Mas os principais pontos têm que ser feitos, tem que ser atendidos. Mas eu não sei, o secretário ele tem propriedade rural, mas acho que em outra região, que a região que ele tem propriedade deve está bom, porque onde está ruim, como bem disse o Vereador Pedrinho Cabelereiro, acho que ele não passou por lá não e, se passou, já esqueceu. Então, fica o nosso pedido. Fica aqui os nossos parabéns para o Prefeito Manoel Nery em relação à premiação que ele foi indicado o ano passado, que foi indicado para esse ano, sabemos que realmente no contexto geral, Vereador Hélio Policial, o prefeito foi bem avaliado, porém, quando a gente sai nós bairros, nas áreas rurais, Vereador Marquinho Moreira, começa a andar, a reclamação é grande, principalmente em questão da infraestrutura “ah, mas não tem maquinário, não tem isso, não tem aquilo”, olha, o prefeito já investiu, investiu em caminhão, investiu em escavadeira hidráulica, teve alguns equipamentos que os vereadores conseguiram cedência do governo do Estado. O Prefeito já falou que vai comprar mais caminhões, mas como disse bem o Vereador Pedrinho Cabelereiro tem que pôr o pé no acelerador. Eu acho que está na embreagem, que está no ponto morto, então, está bem devagar. Tem os pontos positivos com certeza, ficaram já os nossos agradecimentos no ano passado em relação às demandas atendidas. O recapeamento acontecendo no centro da nossa cidade, realmente, está diminuindo os buracos, isso é um trabalho bacana, ficam os parabéns. Só que nós não podemos esquecer que o município tem outras demandas, muitas vezes, mais urgentes do que essas. Então, não quero que depois, Senhor Presidente, secretários, não só o de infraestrutura, qualquer secretário que nós cobramos, ache ruim. Como bem sempre disse o Vereador Pedrinho Cabelereiro e os nobres pares que me antecederam, a gente trabalha para o povo, a gente está aqui por causa do povo. Se não fosse o povo acreditar no nosso trabalho, a população acreditar que teríamos competência para fazer essa função de vereador que é representá-los nós não estaríamos aqui. Tanto é que nós sabemos quantos candidatos tiveram na eleição passada? E nós fomos comtemplados, fomos agraciados, Vereador Hélio Policial, com esse privilégio de representar a nossa população. APARTE – Ver. Pedrinho Cabelereiro – Eu ouvi atentamente a sua palavra sobre a questão da área rural, mas eu vejo que o nosso secretário, parece que hoje eu estou vindo aqui só para falar do secretário, até estou ocupando o seu aparte, mas o nosso secretário tem que se atentar com a nossa cidade. O povo anda nervoso, o povo manda mensagem. Eu acredito que o Vereador Prof. Jean que é bem cobrado, tem bastante indicações, é bem solicitado assim como nós também. Só que eu já cansei de fazer indicação e não ter nenhum retorno. Então, eu vou usar agora a rede social que é o quê? É o veículo que eu tenho para mostrar que eu não estou adormecido. Mas o secretário tem que se atentar, vereador, e atender as demandas. Ele querer anestesiar esta câmara aqui que está ajudando muito a gestão, como bem disse anteriormente, ele está prejudicando os vereadores de trabalharem muito mais para ajudar o prefeito. Aqui todos os vereadores são bem-intencionados, todos os vereadores correndo atrás de recursos, indo a Brasília-DF, conversando com os deputados estaduais, federais, senadores. Para você ver, sempre andamos in loco junto com o prefeito dano musculatura para mostrar que está câmara está unida. Mas ele não pode prejudicar o prefeito, se jogando contra nós e prejudicando nós que estamos trazendo aqui a mensagem da nossa população. Então, nós estamos aqui trazendo o que o povo nos pedi e não o que nós pedimos.  Ver. Jerson Junior – Obrigado, Vereador Pedrinho Cabelereiro, pelo o complemento das informações. E só lembrando: bem já cobrou várias vezes aqui o Nobre Vereador Prof. Jean, um cronograma, já que a secretária não tem condições de fazer um atendimento muito mais rápido que, então, que pelo menos coloca um cronograma ali de atendimento prioritário, pelo menos para nós repassarmos à população, qual a ordem de atendimento ou uma previsão de atendimento. Então, Senhor Presidente, foram essas as minhas palavras e fica aqui a nossa cobrança, mas também o nosso pedido porque o povo nos pedi. Muito obrigado. Ver. Dr. José Dias – Senhores, solicito a esta Casa de Leis um minuto de silêncio em respeito às vítimas, cujo as vidas foram ceifadas pela Covid-19, [5]em especial à minha prima-irmã Edna Silva da Costa que no dia quinze desse mês faleceu em consequência desse vírus que destrói a harmonia, a estrutura dos lares brasileiros. Eu peço à Casa que marque esse minuto de silêncio [silêncio por um minuto]. Senhores, o luto ajuda a entender o que antes parecia impossível de aceitar, mas não joga fora a saudade de quem partiu, pois a cada dia a saudade aumenta, mas também a felicidade de ter conhecido como minha prima-irmã. E que esta Egrégia Casa de Leis, após ouvir o plenário, manifeste solidariedade e encaminhe moção de pesar aos familiares pelo passamento da Sra. Edna Silva da Costa. Senhores, essa doença está matando no mundo todo e eu já pela terceira vez fui contaminado por esse vírus, mas felizmente venci e parece até que ele é meu amigo, sempre está próximo de mim. Mas graças à vacina, senhores, a vacina é a coisa mais importante, pois desde os primórdios ela foi a salvação da humanidade. E hoje estamos nos deparando com um vírus virulento, muito virulento, mas que ceifa menos essa nova cepa que está correndo e, mesmo assim, senhores, está morrendo muita gente. Está morrendo justamente quem não vacinou ou quem está com a vacinação incompleta. Por isso eu conclamo a todos os familiares, a todas as casas que prestem atenção e vacinem os seus entes queridos. E que o Eterno bendito seja, nos abençoe e nos dê sabedoria. Amém. ORDEM DO DIA – ORDEM DO DIA PARA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 22 DE FEVEREIRO DE 2022 – 1 – Dez Indicações de autoria do Vereador Prof. Jean, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências; 2 – Quatro Indicações de autoria do Vereador Jerson Junior, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências; 3 – Três Indicações de autoria do Vereador Ronnie Sandro, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências; 4 – Uma Indicação de autoria do Vereador Marquinho Moreira, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências. Plenário das Deliberações, Ver. Deusdete Ferreira Paes, 22 de fevereiro de 2021. Em seguida, o presidente colocou em discussão a Ordem do Dia. E não havendo nenhuma discussão, foi a votação sendo aprovada por unanimidade pelos senhores vereadores. EXPLICAÇÕES PESSOAISVer. Dr. José Dias – Vimos a importância do embate dos nobres pares em prol do município. Entretanto, como sempre tenho dito que para essa tem secretário anestesiado. E parece mesmo porque o nosso município, a fonte de riqueza é o agronegócio e, no entanto, eles estão tolhidos de seus trabalhos de conduzir as suas riquezas. Ora, existe aquela estrada aí que o pessoal fala da “mandioquinha” que vai lá para as minhas terras, e não estou aqui reclamando porque não vai às minhas terras, mas de todos os fazendeiros que existem nessa região, pois são mais de vinte mil cabeças de bovinos que há nessa área, mas para escoar essa riqueza, senhores, está sendo feito através do município vizinho, através da ponte do rio coxim. Porque para chegar por Camapuã-MS só de avião. Muito obrigado. Ver. Pedrinho Cabeleireiro – Só para concluir a minha palavra que havia começado sobre a região do peralta e acabei até me “emotivando” aqui nesta tribuna, mas bem disse aqui o Vereador Dr. José Dias, pois a gente vê aí que todo ano tem o ITR que é mais um imposto que não falamos aqui nesta tribuna. Então, vereador, ali só para vossa excelência ter conhecimento, tem crianças ali de dois, três, quatros anos que conhecem, pois eu vi vossa excelência falando aqui que “sai de avião”, pois conhecem avião, helicóptero e não conhecem patrola. Então, a gente pede aí que o nosso secretário se atente e vá lá. Nós estamos aqui cobrando não é para beneficiar o vereador como bem diz aqui nesta Casa, mas são os produtores que há lá, as riquezas que precisam escoar. E nós temos que dar o quê? A tranquilidade para essas pessoas poderem sair da sua propriedade. Agora, utilizar uma distância maior como bem disse o companheiro vereador, onde tivemos conversando hoje e que saiu logo cedo e chegou muito após, salvo me engano chegou quase ao meio dia e meio, saiu acho, às oito horas. Então, ficou um percurso longo. E agora, o que nós pedimos aqui? Já vimos o Vereador Ronnie Sandro cobrando também no início do mandato sobre a questão dessa erosão. E tornamos aqui a pedir a sensibilidade do secretário, pedir em nome dos produtores daquela região para que se atenda ao pedido solicitado. Porque a cobrança, senhor presidente, é direta. E ali foi feita uma manutenção até a certa distância, mas não foi feito a contento da nossa população. Então, há percurso ali, Vereador Jerson Junior, que nem tatu de chuteira sobe. Então, a gente pede que o nosso secretário dê uma volteada por lá e veja a aberração que se encontra. Porque não sou eu, mas o povo que está lá que está sendo penalizado, que contribui e paga os seus impostos. E para vossas excelências verem, estão aí as aulas e as nossas crianças não podem ser penalizadas pela ingerência do nosso secretário de obras. Ver. Marquinho Moreira – Senhor Presidente, vejo muitos nobres pares cobrarem o secretariado, mas parece que para o prefeito o secretariado está bom. Já tem quatorze meses e ele não mexeu, então, está bom. Agora, deixar para o prefeito que a população escolheu o prefeito e não o secretariado. Quem escolheu o secretariado foi o prefeito. E os vereadores estão cobrando o que a população está cobrando, senhor prefeito. Então, eu acho que está na hora do senhor chamar o secretariado e tomar as providências cabíveis. Porque onde a gente vai, na pasta da obra, está cheio de buracos, precisando cascalho, maquinário está aí e dá para fazer. E com esse maquinário basta ter força de vontade, ou seja, dá para fazer muita coisa. Na saúde também está faltando um monte de remédio. Uai, será que esse secretário não está licitando esses remédios, não está fazendo o dever dele, o papel dele? Então, eu acho que nós temos que cobrar é o prefeito. A população votou no prefeito e não no secretariado. Está ruim? Pede demissão ao prefeito, mete a caneta e manda embora. Presidente – Ver. Lellis Ferreira da Silva – Eu tenho certeza que esse ano de dois mil e vinte e dois será um ano de muitas conquistas para a nossa população. E iniciamos agora em fevereiro, mas quando chegarmos em dezembro chegaremos com a cabeça tranquila onde nosso dever será cumprido nesse ano que será um ano político. E se Deus quiser os eleitos para a próxima legislatura serão pessoas que terão compromisso e responsabilidade com a nossa população. Cremos nisso. E esse ano é o momento de fazermos as escolhas certas perante os deputados estaduais, federais, senadores, governador e presidente da república. O ano passado foi um ano brilhante para nós vereadores, pois eu e o Vereador Ronnie Sandro, o Vereador Pedrinho Cabeleireiro, e vereadores de mandatos anteriores, Dr. José Dias também, eu acho que não falei ainda, e parabenizo também os demais vereadores pelo trabalho que foi feito no ano passado onde a nossa câmara de vereadores, graças ao esforço de cada um de nós aqui, muitas vezes na sessão houve cobranças na questão de manutenção, da reforma em nosso prédio, houve o vídeo do vereador que fez para mim também pedindo e mostrando uma situação que estava aqui dentro do nosso prédio, mas se Deus quiser esse ano estamos projetando, pois vamos fazer um levantamento das necessidades que estão faltando na questão da pintura. Ou seja, fazer um projeto aí para que ao chegarmos no final do ano estejamos em um prédio mais bonito, mais modernos. Eu falo isso porque nós merecemos também, pois nos anos anteriores sempre preocupados com a devolução do duodécimo ao nosso prefeito e, assim, eu acredito que a nossa missão até hoje está sendo muito bem cumprida. E agora é hora de olharmos com olhos melhores para nós aqui também por mais que sabemos que a nossa população, principalmente, da área rural e aqui da cidade também, está precisando da manutenção das estradas, das ruas, isto é, manutenção principalmente das pontes onde todos nós somos cobrados pela população, pelos produtores rurais e que também são grandes arrecadadores de impostos. E se Deus quiser, essa chuva que aconteceu agora no começo do ano veio para mostrar o olhar que temos que dar mais para essa classe dos produtores rurais que geram empregos e renda para o nosso município. E podem ter certeza que a câmara de vereadores que, ao chegar no final de novembro, dezembro fará algo para poder ajudá-los, pois são pessoas que merecem a nossa contribuição, além das cobranças que fazemos em tribuna, mas eles merecem uma parte da nossa contribuição. Eu falo isso pelo momento em que estão vivendo, pelas necessidades que estão passando agora para escoarem a sua safra. Eu falo a todos os nossos amigos produtores rurais, para a população também, que esta câmara de vereadores, todos nós vereadores somos grandes parceiros da nossa população camapuanense.

Daniel – 00:18:20 a 00:36:40

Morgana – 00:36:40 a 00:55:00

Ver. Prof. Jean- [6]Que seja realizado o prolongamento da Rua Antônio Pereira de Oliveira, no Bairro Parque dos Ipês até a rua do frigorifico, sentido da Rua Manoel Alves Rodrigues, BR-060, no Bairro Parque Alvorada no município de Camapuã-MS, a acessibilidade do centro aos bairros e vice-versa é fundamental para uma melhor organização do trânsito e também para facilitar o deslocamento dos munícipes, assim sendo, seria importante o prolongamento da referida rua para dar mais opções de vias públicas a serem utilizadas pelos cidadãos do nosso município, indicação interessante líder do prefeito. Próxima indicação, endereçada ao prefeito Manoel, secretário Jean, secretário Godofredo e diretor do DENTRAN de Camapuã-MS, senhor Edson Pimentel, que seja realizado estudo técnico pelo órgão ou setor competente do executivo municipal, a fim de proceder a instalação de faixas elevadas para a travessia de pedestres nas extensões da Rua Cândido Severino e Bonfim, especialmente, na região central. A faixa elevada para a travessia de pedestres tem como função fazer com que os motoristas diminuam a velocidade do seu veiculo já que o obstáculo colocado na sua frente funciona como um redutor de velocidade, nesse sentido, e com o objetivo de dar maior segurança aos pedestres, ciclistas e motoristas, principalmente, em locais com grande movimentação, para da mais acessibilidade e maior visibilidade nas travessias seria importante após analise técnica, a instalação de faixas elevadas para a travessia de pedestres nas ruas supracitadas, bem como das placas indicativas de trânsito e devidas sinalizações. Próxima indicação, encaminhada ao prefeito Manoel, secretário Jean, secretário Godofredo, Governador do Estado de Mato Grosso do Sul Reinaldo Azambuja, secretário do Estado de infraestrutura Eduardo Correa Riedel, senhor Valter Benedito Carneiro Junior, diretor presidente da Sanesul, excelentíssima senhora Mara Caseiro, nossa Deputada Estadual, ilustríssimo senhor Fabiano Siemionko Suris supervisor local da Sanesul em Camapuã-MS, que seja implantada rede de tratamento de esgoto, em todos os bairros do município de Camapuã-MS que ainda não possuem esse serviço de saneamento básico, a coleta, o tratamento, e a destinação adequada do esgoto tornou um desafio para o Brasil, onde muitas pessoas ainda não possuem acesso a esse serviço ou saneamento básico essencial para garantir um bem estar e uma melhor qualidade de vida aos cidadãos, no caso do município de Camapuã, alguns bairros não tem rede de tratamento de esgoto disponível, assim sendo, é fundamental que esforços sejam realizados para que o nosso município possa ter cem por cento das suas residências cobertas com rede de tratamento de esgoto. Próxima indicação, encaminhada ao prefeito Manoel, secretário Jean, secretário Godofredo, secretária Selma Maria Rodrigues Ramires, secretario André Luiz Ferreira Conceição, secretário Antônio Giovanni Diniz Rocha, que seja dada resolutividade em relação à presença de pombos no interior do ginásio de esportes municipal de Camapuã-MS, o município de Camapuã aos poucos está retornando com suas atividades esportivas incluindo aquelas realizadas no ginásio de esportes, contudo, é preocupante a presença de pombos no interior do ginásio por se tratar de uma zoonoses, uma vez que são animais que transmite doenças ao ser humano por meio das suas fezes, nesse sentido, é fundamental que seja dada a resolutividade por parte do executivo municipal, a fim de evitar a presença desses animais nesse espaço esportivo e consequentemente proteger a saúde dos munícipes que frequenta o local. Próxima indicação, endereçada ao prefeito Manoel, com cópia ao secretário Jean, secretário Godofredo, Governador do Estado de Mato Grosso do Sul Reinaldo Azambuja, Eduardo Correa Riedel secretário do Estado de infraestrutura, senhor Valter Benedito Carneiro Junior, diretor presidente da Sanesul, ilustríssimo senhor Fabiano Siemionko Suris supervisor local da Sanesul em Camapuã-MS, que seja instituído serviços de limpeza de fossa séptica gratuita nos bairros que ainda não possuem rede de esgoto nesse município de Camapuã-MS, a limpeza de fossas sépticas nos bairros  dentro do período recomendado é primordial para manter a saúde das pessoas, evitar a contaminação do meioambiente e consequentemente melhorar o bem estar e a qualidade de vida dos moradores locais. Última indicação população, encaminhada ao prefeito Manoel, com cópia ao secretário Jean, secretário Godofredo, secretário Antônio Giovanni Diniz Rocha, que seja realizada manutenção com patrolamento e cascalhamento na estrada rural sentido Figueirão, região fazenda Jamaica, Patricia, Santa Tereza e Cercanias neste  município de Camapuã-MS, as estradas da área rural apresentam extrema importância econômica, social e ambiental, da manutenção com  patrolamento e cascalhamento na estrada rural sentido Figueirão, região fazenda Jamaica, Patricia, Santa Tereza e Cercanias, neste município de Camapuã-MS, as estradas da área rural apresentam extrema importância econômica, social e ambiental, uma vez que são responsáveis pelo acesso da população rural a serviços básicos como educação, saúde, lazer, pelo escoamento da produção agrícola, além do recebimento de produtos que são necessários para o funcionamento de suas propriedades, neste contexto, é de fundamental importância que seja realizado o patrolamento e cascalhamento na estrada rural sentido Figueirão, na região fazenda Jamaica, Patricia, Santa Tereza e Cercanias, neste município de Camapuã-MS, então, essas são as nossas solicitações população que nos acompanha, Nobres Pares vereadores, Senhor Presidente, essas são as minhas considerações no Grande Expediente. Professor Jean por você e por Camapuã.

Ver. Jerson Junior- Senhor Presidente, doze indicações no dia de hoje. A primeira, direcionada ao senhor Euro Nunes Varanis Junior Superintendente regional do DNIT do nosso Estado com cópia ao Deputado Federal Fábio Trad, e ao senador Nelsinho Trad, que seja realizado em caráter de urgência a manutenção das margens da pista e acostamento da BR-060, próximo ao km 192, próximo aqui ao CTG de Camapuã, ali tem bem nas margens da rodovia, um pedaço da pista nobre vereador Ademar Laurindo já possui um buraco, inclusive, alguns moradores ali da região que tem chácaras colocaram a sinalização ali, com o período chuvoso agora se não for feita uma manutenção urgente com certeza vai aumentar e vai trazer transtornos para a nossa população, para as pessoas que utilizam aquela via, até porque é um local de passagem para quem vai para Paraiso das Águas, Figueirão, então, é necessária uma manutenção urgente desse pedaço da rodovia. Segunda indicação, direcionada ao secretário estadual de infraestrutura Eduardo Riedel com cópia ao nosso deputado Estadual Evander Vendramini e para o prefeito Manoel Nery, que seja realizado em caráter de urgência manutenção as margens da pista e acostamento na MS-436 entre os km 1 e 3, sentido Camapuã a Figueirão. Marquinhos Moreira, nobre vereador, após o período chuvoso aquele trecho ali causou buracos, abriu buracos no acostamento, já chegando as margens da rodovia, então, é um trecho movimentado para quem vai para Camapuã, Pontinha do Cocho distrito, vai para Figueirão, Alcinópolis, é necessário uma manutenção urgente e sabemos que tem uma empresa que presta serviços para o governo do Estado na manutenção dessas rodovias estaduais, então, é necessário a manutenção urgente, eu diria até para que evite acidentes futuros. Outra indicação, direcionada ao secretário estadual de infraestrutura Eduardo Riedel, com cópia ao nosso deputado Estadual Evander Vendramini e ao  Prefeito Municipal  Manoel Nery que seja realizada em caráter de urgência a manutenção da ponte sobre o córrego Barreiro, na MS-436 próximo ao km 11, sentido Camapuã para Figueirão, também Dr. José após esse período chuvoso a contenção em torno da ponte começou a desmoronar, inclusive, para quem vai Camapuã sentido Figueirão, a pista já começou a cair um pedaço depois da chuva no final de semana, então, é muito arriscado se der uma chuva forte, Senhor Presidente, nos próximos dias com certeza vai comer mais um pedaço do asfalto ai vai interditar, e se interditar a população que utiliza esse trecho vai ter que passar por outro caminho e é uma volta que vai trazer prejuízo, principalmente, para quem escoa a produção.

APARTE Ver. Dr. José- Pertinente a sua reclamação, eu a algum tempo atrás um engenheiro, meu primo aliás que veio do Rio de Janeiro estava andando nas nossas estradas aqui e observou que no Mato Grosso do Sul, notadamente na região de Camapuã que foi onde ele andou, não a cabeça de ponte, a ponte é muita estreita, acabou o intervalo da ponte vai desbarrancar a hora que chove, vai ter erosão, esse é o problema que graça aqui no nosso município.

Ver. Jerson Junior- Agradeço pela parte nobre par e com certeza é de extrema importância, é um trecho movimentado, uma rodovia estadual que precisa dessa manutenção, principalmente, porque as grandes propriedades de produção de bovinos ali também já tem uma grande parte, grande parcela das propriedades rurais que estão investindo na agricultura, então, é necessário a manutenção urgente. Pxima indicação, direcionada ao secretário de infraestrutura do nosso município o Godofredo, com cópia ao secretário de administração Jean Carlos da Silva, para a primeira dama secretária de assistência social Terislene Nery e ao nosso prefeito, que seja disponibilizado um vigia na praça Ernesto Sólon Borges no período vespertino e inicio da noite, todos os dias, e que também seja realizado um estudo para solucionar o problema dos moradores de rua que se encontram na referida praça, é uma solicitação feita por vários moradores do nosso município, pessoas que tem vontade de trazer os seus filhos para um momento de lazer aqui na praça, a praça está sendo bem cuidada, tem brinquedos novos, brinquedos legais para a gurizada brincar, só que, infelizmente, os moradores de rua estão ficando por ali, a família não se sente segura e a vontade para levar seus filhos para brincar, é necessário colocar um vigia para ajudar nesses momentos que a família queira trazer seus filhos, mas que, principalmente, a secretaria de assistência social, Senhor Presidente, faça um estudo para que tenha uma solução futura nobre líder do prefeito, de repente uma sugestão, uma casa abrigo para esse pessoal ou então fazer um levantamento e encaminhar esse pessoal novamente para a sua cidade de origem, alguma coisa tem que ser feita para que esse problema não aumente. Agora são oito indicações direcionadas ao nosso secretário de infraestrutura, a primeira é a realização de tapa-buraco na Rua Hugo Pereira do Valle no encontro com a travessa Dona Cecilia no bairro Coophavale, após esse período de chuva tinha um pequeno buraco e o buraco cresceu Dr. José, então, é necessário fazer a manutenção urgente porque a tendência e piorar. Próxima indicação, que seja realizada a manutenção de tapa-buraco na Rua Alaor Gonçalves Rodrigues, no bairro Coophavale, a rua que desce defronte ao parque Poliesportivo, existe um enorme buraco quando desce à rua, vários veículos desviam dele e já vi quase acontecer acidentes ali naquele trecho constantemente, e ainda tem outros buracos perto daquela rua que é necessário a manutenção urgente porque se não fizer a tendência é os buracos diminuírem e aumentar o tamanho. Próxima indicação, que seja realizado o estudo e posterior instalação de ondulação transversal quebra-molas em toda a extensão da Rua Lucas Alves do Valle no bairro Coophavale, essa Rua Lucas Alves do Valle, –não é vereador Ademar Laurindo? Graças a Deus, está começando já o preparo para receber a pavimentação asfáltica e vai ficar um trecho extenso nobre líder do prefeito, porque é necessário ali tem um quebra-molas para poder diminuir a incidência de veículos em alta velocidade. Outra indicação, estudo e posterior instalação de ondulação transversal em toda a extensão da Rua Bonfim, a partir da Rua João Pereira da Rocha, bairro Jardim América, até a Rua Alaor Rodrigues Gonçalves, no bairro Coophavale, também é uma rua que está recebendo o tratamento para receber a pavimentação asfáltica e  vai ficar extensa, até é uma proposta junta com o nobre vereador Ademar Laurindo, apresentamos projetos de lei para alterar o nome de todas as outras ruas, começou a Bonfim, nasce na Benicio de Moura e vai terminar na Alaor Rodrigues Gonçalves, é necessário também que aproveite esse momento de colocação de pavimentação asfáltica líder do prefeito, que estude e seja feito a colocação de quebra-molas popularmente conhecido, para diminuir a incidência de alta velocidade nesse trecho. Outra indicação, direcionada ao secretário de infraestrutura a manutenção de bueiros localizado na Rua Ferreira da Cunha próximo ao encontro com a Rua Antônio João próximo ao bairro Jardim dos Palmares, outra manutenção de bueiro localizado na Ru abaixo do encontro com a Rua Cândido Severino. Outra manutenção de bueiro localizada na Rua Bonfim próximo as ruas Jeronimo Alves Ferreira e Clodolgo Terra na rua central da nossa cidade. E a manutenção de bueiro na Rua Claudio José de Lima no bairro Coophavale próxima ao encontro da Rua Lucas Alves do Valle, todos esses bueiros, porque dos que pedi até hoje nobre vereador professor Jean, oitenta por cento são só problemas com a grade de proteção, acho que é um material de fácil aquisição, tem profissionais da prefeitura com capacidade para fazer a construção dessa grade, soldar, ser feita essa substituição, oitenta por cento desses bueiros o problema é só a grade, alguns as vezes tem problema de estrutura que precisa ser feito algum reparo na caixa de recebimento da água da chuva. Senhor Presidente, já vou pedir os cinco minutos pela liderança do PP, e também vou deixar aqui registrado o nosso pedido em relação ao lixão do nosso município, reclamação da população, tem muitas moscas no nosso município, o lixão faz dias que não tem nenhum equipamento lá para espalhar o lixo e vai só acumulando, amontoando um ao lado do outro, então, a tendência é só piorar, então, pedimos a atenção do secretário de infraestrutura, secretário de agronegócio, meio ambiente e empreendedorismo para a solução desse problema, nem que seja a manutenção paliativa líder do prefeito para que diminua de repente essas moscas que estão tomando conta dos bairros do nosso município. Também quero deixara aqui registrado uma reclamação para o secretário de infraestrutura em relação a Rua Chiquinho Afonso que foi inaugurada esses dias e já apresenta buraco porque é falta da empresa que executou o serviço realmente concluir a obra, ficaram pedaços sem meio fio, buracos um pouco aberto e agora com a chuva ficaram maior, então, é necessário que o nosso secretário de infraestrutura tome providência urgente perante essas empresas e façam cobrança para conserto desses danos. Vou deixar aqui também um abraço à sua[7] equipe, parabenizar pelo o trabalho. Também fizemos algumas solicitações em relação à iluminação pública em nosso município, nos atendeu prontamente, resolveu o problema. A população agradece, Paulinho, o trabalho realizado e parabéns pelo o que você vem fazendo pelo o nosso município. Deixar aqui também os nossos parabéns, ontem foi o Dia do Dentista, odontólogo, Dr. José Dias, popularmente conhecido como dentista. Parabenizar os dentistas do nosso município, que Deus os abençoe que também são profissionais que cuidam da nossa saúde e, às vezes, não damos tanto valor, mas a saúde bocal é importantíssima no dia a dia da nossa vida. Senhor Presidente, foram essas as minhas palavras no grande expediente. Muito obrigado. Ver. Dr. José Dias – Senhores, a gente fica atento à palavra de cada um dos nobres pares. É verdade que a luz está muito cara mesmo, eu, por exemplo, trabalho em outro município, não teve luz o dia todo. O dia todo, a luz só voltou à noite. E olha o preço da luz. Eu não sei quanto os senhores pagam, mas eu pago mais de dois mil reais (R$ 2.000.00) na minha casa. Eu acho o maior dos absurdos. Não sou milionário. Eu vivo dos meus parcos salários. Bem, imaginam um pobre coitado que vive de um salário mínimo. Imagina aquele que não tem luz e está perdendo as coisas na casa. Imagina aqueles que estão despejando leite como eu vi hoje na televisão, no escritório da Energisa. É uma vergonha pagar tanto dinheiro desse jeito. Está certo que eles falam que o dinheiro não dá. Eu não sei como é que não dá, pois que a energia está sempre faltando. Estou vendo também esse negócio de cair cabeceira de ponte, isso é antigo, está sempre caindo e no Mato Grosso do Sul especialmente. Eu vi essa crítica, essa crítica. Esse meu parente falou e eu vi também no Crea falando a mesma coisa. São malfeitas as cabeças de ponte, parece que o erário público quando constrói já pensa vou ganhar dinheiro com aquilo, ou vou gastar naquilo, ao invés de fazer serviço correto. Há muitos anos eu li a respeito de ponte que Euclides da Cunha havia feito no Estado de São Paulo-SP. Ora, senhores, tem mais de sem anos. Nunca caiu uma ponte nem a cabeceira da ponte. Então, nós estamos renegando o nosso trabalho, que dizer o trabalho dos prefeitos, estamos negligenciando a nossa obrigação no município. Senhores, eu também queria, eu estive na última sessão reclamando da Secretária de Saúde quanto à presença do agente de saúde nas ruas, numas ruas, ou seja, que é a Vila Izolina I, Vila Belo Horizonte e parte da Vila Vista Alegre. Ora, senhores, até hoje não passou, mas parece, parece que o secretário vai tomar uma atitude, em conversa com ele, justamente com o prefeito, os dois juntos, para que verifique e acabe com esse problema. Parece que vai transferir a menina para outro lugar, isto é, o responsável por aquela visita. APARTEVer. Marquinho Moreira – Eu sei que o agente de saúde pode trabalhar dentro do município, mas a gente queria a sensibilidade do secretário de saúde para estar colocando um agente de saúde daquela vila ou daquela região. Porque o agente de saúde leva o problema para o médico, para o posto de saúde, ele leva lá e, se a pessoa sai lá do Bairro Alto e vai pra Pontinha do Cocho sem agente de saúde, não conhece, não sabe o problema. Então, nós pedimos a sensibilidade do secretário de saúde para estar trabalhando neste caso do agente de saúde. Porque lá na minha vila tem muita gente reclamando que agente de saúde não sabe nem onde é a casa e aí tem que pegar outro agente de saúde, se deslocar até aquele lugar, e para falar não essa aqui é a família tal. Então, já completando a palavra do senhor. É esse meu pedido que eu faço para o secretário de saúde. Ver. Dr. José Dias – Muito obrigado, Nobre Par. Senhores, senhoras, eu estou fazendo duas indicações. Sendo a primeira que após a tramitação regimental da Casa, ao Excelentíssimo Senhor Manoel Nery, Prefeito municipal e à Ilustríssima Senhora Secretária de Educação, ao Secretário de Administração, Finanças e Planejamento, o Sr. Jean Carlos da Silva e da Secretária de Educação, a Sra. Selma Maria Rodrigues Ramires. Sendo a primeira, parte da Vila Vista Alegre, os moradores estão preocupados por dois motivos: primeiro, aqueles que pagaram as suas casas não têm nenhuma documentação. Segundo, aqueles que não pagaram, porque não têm para quem pagar, reclamaram na prefeitura, reclamaram na Caixa Econômica e não sabem para quem pagar. O medo deles é um dia receber a carta falando: “ó, desocupa o lugar”. Essa é a preocupação. E que a prefeitura tome ciência disso, o Sr. Jean verifique o que está acontecendo. A pessoa quer pagar, pois o inquilino da senhora falou que tem quinze anos que ela mora lá. APARTEVer. Jerson Junior – Com certeza, também ouvi reclamações de moradores do Vista Alegre e, de fato, são pessoas preocupadas porque vai investir no imóvel, vai fazer alguma coisa e, ali na frente, vão querer tomar porque eles não conseguiram fazer o pagamento, não tem onde pagar, ninguém fala a onde que está a dívida e fica complicado. Então, tem que realmente, a prefeitura tem que tomar uma providência em relação a isso, verificar o que é possível ser feito, chamar os moradores, os proprietários para uma solução o mais breve possível. Até porque esse é um bairro que foi entregue na gestão do Sr. Moisés Nery e já se passaram mais de doze anos e, até agora, ninguém tomou uma providência cabível. Obrigado. Ver. Dr. José Dias – Muito obrigado. A segunda, senhores, estou fazendo também ao prefeito, à secretária de educação, que verifique esse horário de ônibus. Eu presenciei pelo menos cinco alunos pagando táxi para voltar pra Lagoa porque não tinha ônibus, pois ele sai cinco e meia e o ônibus passa às quatro horas, não sei que horas ele passa. A verdade é que eles falaram que não tem ônibus. E outra, o pessoal que quer subir também para a escola, o instituto de educação, não tem ônibus para ir. E a? De quem é a responsabilidade? Então, eu estou cobrando aqui da nossa secretária de educação e o Sr. Godofredo que verifiquem esse horário de ônibus. Não posso deixar um parceiro, pois a pessoa vai ter dinheiro pra ficar pagando táxi? Ou se não tem que chamar no pé dois. Antigamente, andar cinco quilômetros, dez quilômetros, todo mundo andava, hoje ninguém anda nem cem metros e já está achando que está gastando muita energia. Muito obrigado.  Ver. Marquinho Moreira – Hoje eu queria usar o Grande Expediente para deixar uma cobrança para o nosso Diretor de Trânsito, o Sr. Edson Pimentel. Eu fiz uma indicação, outra hora, pedindo que fosse pintado os pontos de táxi, fizesse as faixas amarelas indicando onde era o estacionamento dos pontos de táxi. Os taxistas estão me cobrando que até hoje não foi resolvido. Os carros também não têm culpa porque os carros chegam e não está pintado. Os carro chegam e estaciona no local dos taxistas e, os taxistas, vão falar e a pessoa acha até ruim, os motoristas “ué , mas cadê ? Não tá pintado”. Como é que eu vou saber onde que é? Então, Sr. Edson Pimentel e o Secretário de Obras Godofredo, que tome a sensibilidade de estar fazendo essa pintura no ponto de táxis. E isso aí não é uma coisa que vai quebrar a prefeitura. é só tinta e uns funcionários para ir lá fazer. Então, vamos investir um pouco também, porque se não como é que faz? As pessoas cobram esse vereador, cobrando com rasam, chegam ali os caras estaciona, o cara tem que ficar lá atrás, às vezes não da nem pra por no ponto, os usuários dos táxis vem e, não sabem nem a onde estão os táxis. Também quero agradecer, a gente fez uma indicação pedindo, levei até o Deputado Estadual Felipe Orro, levou na assembleia, pedindo a pavimentação asfáltica da MS-338. E a gente está muito feliz, porque ia fazer, mais partiu desse vereador, da lembrança de fazer essa pavimentação asfáltica da MS-338 que liga Camapuã- MS até Ribas do Rio Pardo- MS. Então, já saio à licitação, já saio no diário oficial, que vai ser asfaltada até a BR-357. Fico muito feliz, agradeço ao Deputado Estadual Felipe Orro, por te levado essa indicação desse vereador até a assembleia, ao nosso Governador do Estado e o Secretário de Infraestrutura Eduardo Riedel. Muito obrigado ao nosso Governado e o Deputado de Infraestrutura Eduardo Riedel, por te concedido essa pavimentação asfáltica. Também quero deixar, o Dr. José falou desses documentos dessas casas que não sai até hoje. A rota das moções na Vila Industrial foi entregue em dois mil e oito, até hoje não tem documentação, pra você ver já tem, dois mil e oito, dose, treze anos, até hoje não foi entregue e, as pessoas ficam com medo de investir na casa, de fazer um muro, com medo de perder de acontecer alguma coisa. Então, pedimos as pessoas qualificadas que chamem essas pessoas, façam uma reunião, vejam o que é preciso e, entregue esses documentos, porque se a pessoa tem o documento da casa vai tocar de outro jeito, vai está fazendo o muro, aumentando, fazendo o que tem que ser feito. Então, pedimos as autoridades competentes, a Dona Judite, que eu acho que é que cuida desse caso, que esteja fazendo um trabalho paras as pessoas da Vila e, pedindo e entregando esses documentos da fora que tem que ser. Também quero agradecer, os arescondicionados da Escola Dr. Sudalydio Rodrigues Machado, está lá, tá pronto, os professores estão alegres, os alunos também já estão, então, a gente ficou muito feliz, a indicação que o prefeito atendeu e, a Secretária de Educação nos atendeu, muito obrigado dona Selma Maria Rodrigues, às vezes a senhora fala que a gente cobra, mais a gente cobra, o que o povo pede, esta pedindo a gente tem que cobrar de vocês, vocês estão ai, estão com a caneta na mão e, tem que fazer. Muito obrigado a todos, a população, Senhor Presidente, essas foram as minhas palavras no grande expediente.

Ver. Pedrinho Cabelereiro – Até ouvi atentamente a fala dos colegas vereadores, sobre a questão dessas casas populares, inclusive até eu e o Vereador Hélio Policial, não sei se o vereador lembra lá na Vila Industrial conversando com o Valdecir e, ele nos cobrou que não tem documento, até a gente levou essa cobrança, né Vereador Hélio Policial? Formalmente ao prefeito, solicitando para que ele contrate Senhor Presidente, uma empresa para regularizar e, resolver não só o problema do Vista Alegre e, da Vila industrial, mais de toda a nossa Camapuã, porque não é só nesses locais que está esse problemaDr. José estão e vários locais em nosso município. Então, a gente pede novamente a compreensão do nosso prefeito, para que seja atendido à solicitação. A solicitação não é dos colegas vereadores não, é do povo e, eu estou justamente aqui com ele relembrando, porque já levamos essa mensagem ao prefeito, então, nada mais justo que resolver. Porque ele nos falou que iria resolver essa situação, então estamos reforçando o pedido dos colegas vereadores, para que se resolva essa demanda. Aproveitar também Senhor Presidente, agradecer, eu juntamente com o Vereador Ronnie Sandro, cobramos, fomos cobrados pelo o pessoal da região da Fazenda Marilia, porque ali não tinha condições de trânsito, nossas crianças estavam sendo penalizadas e, a gente viu ai, né Vereador Ronnie Sandro? As pessoas maricando nós em rede social, com a patrola lá, atendendo e resolvendo o problema não só das crianças que dependem da escola, mais das pessoas que transitam também pela aquela estrada. Então, tem os nossos agradecimentos, como bem diz o Vereador Marquinho Moreira, até deixou uma mensagem a secretária, o pedido é do povo, não é do vereador. Então, bem colocada às palavras, colocou bem as suas palavras, foi bem feliz em agradecer, então, como aqui dito é um agradecimento em nome da nossa população. Outra questão, até veio aqui o Vereador Dr. José Dias, trazendo uma cobrança aqui nesta tribuna, até as pessoas me questionaram tambémVereador Dr. José sobre a questão dos paralelepípedos ali da Pedro Luiz Amorim e, eu estive por lá, ontem de ontem, não ontem à noite e, quase não consegui passa, até conversando com o Vereador Jerson Junior, porque eu não sabia que rua tinha sido feita ali, mais andando ali eu vi que foi só aquela. Até a gente ia fazer uma indicação, mais Vossa Excelência já tinha feito, que eu me lembro bem e, ali está muito feito, muito precário, então, a gente pedi a sensibilidade do Secretário Godofredo, para que se atenta a manutenção, Senhor Presidente, tá feio, está acabando. Então, nada mais justo que atender nosso povo ali, que contribui, paga seus impostos. Outra questão que eu vi aqui nesta casa hoje Senhor Presidente, até fiz questão de anotar, é sobre a questão da poda de árvores, a gente vê que a nossa cidade está precisando dessa manutenção, se a gente não tem condições da própria prefeitura fazendo a manutenção, que façam como as gestões anteriores, que contrate uma empresa para que façam à manutenção, nada mais justo, nossa população está sofrendo. Igual, eu sempre falo, sou parceiro da gestão, mais o que tem pra cobrar, eu vou cobrar, estou aqui como empregado da nossa população. Então, a gente pede, ao nosso Secretário Godofredo, que tome as medidas cabíveis e, se possível à prefeitura não puder fazer essa manutenção, que contrate uma empresa e resolva essa demanda do nosso município. Outra questão Senhor Presidente, andando e nossa cidade, é sobre a questão dos tapas buraco, a gente viu que tinha uma licitação vigente e, não sei porque não ocuparam, vejo hoje que tem que fazer uma nova licitação 1:13:20

Moisés – 01:13:20 a 01:31:45

A gente viu aí que tinha uma licitação vigente. E não sei o porquê não ocuparam e vejo que hoje tem que fazer uma nova licitação, pois tinha que ter ocupado essa que existia. E veja você, a Rua Bonfim está em situação precária e daqui a uns dias vai diminuir os buracos ali com essa chuvarada que vai ter aí, ou seja, vai aumentar e vai diminuir, vai juntar um ao outro. Então, a gente pede a agilidade do senhor secretário. Por que é o seguinte: o bambu pega na moleira de quem? De nós que estamos aqui que somos os para-choques da gestão. Então, a gente pede a compreensão do senhor secretário para que atenda. Nada mais justo, pois o imposto tem que ser revertido, Vereador Prof. Jean, em boas ações que é o quê? Reverter para a nossa população. Então estamos trazendo aqui, senhor presidente, as cobranças mais justas. E até andando com o nosso deputado, ou seja, até quero agradecer a presença do deputado em nosso município que esteve aí prestigiando o evento esportivo, a final. Eu quero aproveitar e parabenizar, Vereador Hélio Policial, a nossa equipe de Camapuã pela vitória, levou esse campeonato aí e ganhou de Alcinópolis-MS por um a zero. E também parabenizar as equipes de fora que vieram participar desse evento tão importante para o nosso município que nunca teve, ou melhor, uma premiação de grande porte digamos igual eles mesmos falaram lá. E a gente fica feliz com o esporte renascendo novamente em nosso município. Eu ouvi também o Vereador Jerson Junior, o Vereador Prof. Jean também cobrou a questão do meio-fio. E a gente vê aí que até agora a gente vem cobrando, vem relembrando e as manutenções, senhor presidente, sobre os meios-fios não vêm acontecendo. Então, eu não sei o que está acontecendo. Então, a gente sabe que tem “forma” aí e ali na Rua Joaquim Capestana, na Rua Francisco Faustino – no bairro Francisco Faustino – eles fizeram a manutenção, fizeram os meios-fios. Então, nada mais justo do que fazer a manutenção nesses locais que precisam. Agora, se é de responsabilidade da firma aí eu não sei. Então, a gente pede a atenção, isto é, que notifique as empresas para que se resolva essa demanda. O que não pode, líder do prefeito, é continuar do jeito que está. O serviço foi feito, mas elo o que eu estou vendo aí, em algumas localidades, com as chuvas que estão aí que são bênçãos de Deus terão que ser refeitos. Não é, Vereador Ademar Laurindo? Foram essas as minhas palavras, senhor presidente. ORDEM DO DIA – 1º Secretário – Ver. Pedrinho CabeleireiroORDEM DO DIA PARA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 26 DE OUTUBRO DE 20211º – Denúncia em desfavor do Prefeito Municipal, Senhor Manoel Eugênio Nery, vulgo “Mané”, por possível agressão à mulher e quebra de decoro, de autoria da senhora Elizene Correa da Silva; – Projeto de Lei nº 046, de 18 de outubro de 2021, de autoria do Poder Executivo Municipal, que: “Autoriza o Chefe do Poder Executivo Municipal a outorgar Cessão de Uso de terreno e Servidão de Passagem de propriedade do Município à Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (SANESUL), e dá outras providências”. Juntamente com os pareceres das comissões; 3º – Doze Indicações de autoria do Vereador Jerson Junior, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências; 4º – Nove Indicações de autoria do Vereador Prof. Jean, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências; 5º – Duas Indicações de autoria do Vereador Marquinho Moreira, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências; 6º – Duas Indicações de autoria do Vereador Ronnie Sandro, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências; 7º – Duas Indicações de autoria do Vereador Dr. José Dias, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências; Plenário das Deliberações, Ver. Deusdete Ferreira Paes, 26 de outubro de 2021. Em seguida, o presidente colocou em discussão a Ordem do Dia. Não havendo nenhuma discussão, a mesma foi à votação com aprovação unânime dos senhores vereadores.  – 1º Secretário – Ver. Pedrinho Cabeleireiro – Denúncia em desfavor do Prefeito Municipal, Senhor Manoel Eugênio Nery, vulgo “Mané”, por possível agressão à mulher e quebra de decoro, de autoria da senhora Elizene Correa da Silva. Presidente – Ver. Lellis Ferreira da Silva – Conforme determina o Art. 5, Inciso II, do Decreto-Lei nº 2.001/1967, vou fazer a consulta com respeito ao recebimento da denúncia contra o Excelentíssimo Prefeito Municipal Manoel Eugênio Nery, de autoria da senhora Elizene Correa da Silva. Neste momento eu coloco em votação. Quem for favorável permaneça como está e quem for contrário que se manifeste. Foram sete (7) votos contrários e um (1) voto a favor – do Excelentíssimo Vereador Marquinho Moreira -. A denúncia contra o Excelentíssimo Prefeito Manoel Eugênio Nery é rejeita neste plenário por sete (7) votos contrários e um (1) voto a favor, do Excelentíssimo Vereador Marquinho Moreira. A denúncia será arquivada nesta Casa de Leis.  1º Secretário – Ver. Pedrinho Cabeleireiro

PARECER – 01:20:34

Em seguida, o presidente colocou em discussão o referido Parecer. Não havendo nenhuma discussão, o mesmo foi à votação com aprovação unânime dos senhores vereadores. Logo após, o presidente consultou o plenário para realizar a leitura apenas do objeto do projeto e todos os vereadores concordaram com tal sugestão. 1º Secretário – Ver. Pedrinho CabeleireiroPROJETO DE LEI Nº 046 DE 18 DE OUTUBRO DE 2021 – Autoriza o Chefe do Poder Executivo Municipal a outorgar Cessão de Uso de Terreno e Servidão de Passagem de propriedade do Município à Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (SANESUL), e dá outras providências. Em seguida, o presidente colocou em discussão o referido Projeto de Lei. Não havendo nenhuma discussão, o mesmo foi à votação com aprovação unânime dos senhores vereadores. EXPLICAÇÕES PESSOAISVer. Dr. José Dias – Eu queria pegar a “deixa” do companheiro (…) parabenizando pelo Dia do Dentista, do odontólogo, ou “ranca dente” haja vista que o mais ilustre deles é o mártir da independência do Brasil, o Sr. Tiradentes. Mas acho também tal qual como cirurgião os primeiros que surgiram na história da humanidade eram barbeiros e acho que o Tiradentes também está dentro desse mesmo prisma, porém, eu acredito e tenho convicção que o dentista, o odontólogo, deveria ser médico com especialidade para tratar da cavidade bucal. Inclusive, anteriormente, quem fazia o bucomaxilo facial era médico, mas aí tendo em vista as questões éticas, as conjunturas profissionais, hoje só o dentista é quem pode fazer, ora, o médico tem uma formação melhor do que a do dentista, ou seja, a formação em anatomia, as doenças afins em uma pessoa, das pessoas. Aqui em certa época atendi, fui chamado por volta de quatros horas da manhã ao hospital por um colega que o dentista havia extraído o seu dente, um dentista até de nome na cidade. E esse paciente estava com hemorragia, pois não tinha sido dado ponto. E como o colega não tinha aquela habilidade ele me chamou e eu suturei a boca do cidadão. E acontece, senhores, que esse cidadão sofria de leucemia e não era sabido. Se ele fosse médico naturalmente que, dentro de um procedimento, teria feito o exame. E não estou aqui jogando pedra no dentista até porque meu irmão também é odontólogo, embora aposentado, mas é odontólogo. E vejo que é uma profissão muito importante e só com desleixo das nossas entidades públicas que não ajudam a população. Hoje, às vezes, um tratamento aqui em nossa cidade nem gabinete tem. Veja que vexame. Ver. Marquinho Moreira – Senhor Presidente, eu andando aí por outros municípios a gente vê as rádios transmitindo as indicações dos vereadores. Às vezes a pessoa está dirigindo ali, está andando, está vendo e é bom. Então, eu gostaria que o senhor pudesse dar essa força pra nós. Porque muitas vezes a pessoa está lá na fazenda tirando um leite e está escutando o que os vereadores estão fazendo pela cidade, o que está pedindo, mas ah, o vereador não está fazendo nada, mas o cara está lá na fazenda, está no escritório dele trabalhando, está dirigindo um carro, então, senhor presidente, dá essa força pra nós, pois o senhor tem o poder da caneta aí e vamos contratar as rádios aí para estarem transmitindo as nossas indicações, ou seja, o trabalho dos vereadores. Presidente – Ver. Lellis Ferreira da Silva – Será feito um estudo, excelentíssimo vereador, com respeito a solicitação de vossa excelência. Neste momento eu quero agradecer a Deus por nossas vidas e por tudo que Ele nos ilumina em nossos dias, em nossa caminhada de fé e esperança por dias melhores. E se Deus quiser eu tenho certeza que as coisas vão melhorar em nosso município com a administração do excelentíssimo prefeito municipal, bem como com o trabalho de todos os senhores vereadores que estão aqui lutando e batalhando para que a nossa população tenha melhorias na área da educação, da saúde e de infraestrutura. Em seguida, o presidente procedeu aos agradecimentos finais, principalmente a Deus, e declarou encerrada a sessão às 200h4555min. Eu, Moisés Mancebo Manhães Junior [8]lavrei a presente [9]ATA que, depois de lida e aprovada, será assinada pelos Membros da Mesa Diretora e pelos Senhores Vereadores.

            Ver. Lellis Ferreira da Silva                                 Ver. Ronnie Sandro                                   Presidente                                                                1º Vice-Presidente                                                 

Ver. Dr. José Dias                                                  Ver. Pedrinho Cabeleireiro

2º Vice-Presidente                                                   1º Secretário 

            Hélio Policial                                                          Ver. Ademar Laurindo

            2º Secretário

ATA da 127ª SESSÃO ORDINÁRIA, do 2º Período Legislativo, da 18ª Legislatura da Câmara Municipal de Camapuã, Estado de Mato Grosso do Sul, realizada com início, às 19 horas, do dia 22 de fevereirooutubro de 2.022, em sua sede própria à Rua Campo Grande, 353, Camapuã-MS; presentes os Senhores Vereadores: Ver. Lellis Ferreira da Silva Presidente; Ver. Ronnie Sandro, 1º Vice-Presidente; Dr. José Dias, 2º Vice-Presidente; Ver. Pedrinho Cabeleireiro, 1° Secretário; Ver. Hélio Policial, 2º Secretário; Ver. Ademar Laurindo; Ver. Jerson Junior; Ver. Prof. Jean; Ver. Marquinho Moreira.

            Ver. Jerson Júnior                                                  Ver. Marquinho Moreira

 

Ver. Prof. Jean


[1] Início da digitação por: Danny Lemos de Carvalho.

[2] Início da digitação, por: Danny Lemos de Carvalho.

[3] Início da digitação, por: Daniel Pereira Nunes – IEL.

[4] Início da digitação, por: Ana Paula Lopes da Fonseca – IEL.

[5] Início da digitação, por: Moisés Mancebo Manhães Junior.

[6] Início da digitação, por: Morgana Dias Vieira – IEL.

[7] Início da digitação, por: Ana Paula Lopes da Fonseca IEL.

[8] Agente Administrativo II

[9] Tempo Total – 01:24:1231:45