FOLLOW US ON SOCIAL

18
maio
2022

25ª Sessão Ordinária: 05/10/2021

ATA da 25ª SESSÃO ORDINÁRIA, do 1º Período Legislativo, da 18ª Legislatura da Câmara Municipal de Camapuã, Estado de Mato Grosso do Sul, realizada com início, às 19 horas, do dia 05 de outubro de 2.021, em sua sede própria à Rua Campo Grande, 353, Camapuã-MS; presentes os Senhores Vereadores: Ver. Lellis Ferreira da Silva Presidente; Ver. Ronnie Sandro, 1º Vice-Presidente; Dr. José Dias, 2º Vice-Presidente; Ver. Pedrinho Cabeleireiro, 1° Secretário; Ver. Hélio Policial, 2º Secretário; Ver. Ademar Laurindo; Ver. Jerson Junior; Ver. Prof. Jean; Ver. Marquinho Moreira. Comprovado o número legal de Vereadores para a abertura dos trabalhos, o Vereador Lellis Ferreira da Silva, Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Camapuã-MS, invocando a proteção de Deus e, em nome da liberdade e da democracia, declarou aberta a presente Sessão. Presidente – Ver. Lellis Ferreira da Silva. Em seguida, o Presidente colocou em discussão a Ata da 24ª Sessão Ordinária, do 1º Período Legislativo, da 18ª Legislatura, do dia 28 de setembro de 2.021. Logo após, o Presidente colocou em votação a referida Ata, a qual foi aprovada por unanimidade. 1º Secretário – Ver. Pedrinho Cabeleireiro – [1]Correspondências Recebidas PROJETO DE LEI Nº 012 DE 04 DE OUTUBRO DE 2021. De autoria dos Vereadores Jerson Junior e Ademar Laurindo, que: “Altera a denominação das Ruas Ciriaco Miranda (Bairro Jardim América), Sergipe (Bairro Princesa do Vale), Projetada 10 (Cristo Redentor) e Travessa Darcy Myasato (Coophavalle), e dá outras providências”. PresidenteVer Lellis Ferreira da Silva – Projeto de Lei Nº 012, de autoria do Vereador Jerson Junior e Ademar Laurindo será encaminhado à Assessoria Jurídica e Comissões Legislativas para análise e elaboração de Pareceres. GRANDE EXPEDIENTE – Ver. Marquinho Moreira – Senhor Presidente, hoje estou entrando com uma Indicação para o Prefeito Manoel Eugênio Nery, com cópia para o Senhor Godofredo Rodrigues Pereira – Secretário Municipal de Infraestrutura e Serviços Público fazendo a seguinte solicitação: que seja feita a cobertura do ponto de táxi da Vila Industrial. Justificativa: O ponto de táxi na Vila Industrial não dispõe de cobertura até hoje deixando, assim, os motoristas de táxi e também os usuários do serviço no relento sob sol e chuva, sendo assim é necessário que seja faça com urgência uma cobertura naquele local. Então, até hoje eu tenho ponto de táxi lá há muito tempo e não tem uma cobertura, então, pedimos a sensibilidade do prefeito e secretário que esteja fazendo o ponto ali para estar melhorando a vida dos usuários e, também, dos motoristas de táxi lá daquela vila. Também, Senhor Presidente, quero estar aqui fazendo uma cobrança de uma Indicação que fiz dias atrás para a Secretária Selma Maria Rodrigues sobre os ares-condicionados lá da Escola Municipal Dr. Sudalydio Rodrigues, a coisa não é difícil de resolver, então, que ela dê mais empenho nisso aí, estar solucionando logo esse problema. Os pais dos alunos vêm cobrando da gente, reclamando, até os funcionários da escola vêm pedindo, então, pedimos aí a Secretária e ao Prefeito também que empenhe mais nisso aí para estar resolvendo aquele problema logo, que é um problema fácil de resolver. Também quero deixar minha cobrança hoje para nosso Secretário de Obras, Senhor Godofredo Rodrigues para estar realizando o serviço de tapa-buraco com urgência na Vila Industrial em alguns setores que, ali, os buracos já estão grandes e agora começa a chuvarada vai só aumentando, então, uma coisa fácil de fazer e se deixar para fazer daqui uns tempos que começar a chuvarada vai ficar muito pior, então, pedimos a sensibilidade do secretário para também estar fazendo esse serviço lá na Vila Industrial. Foram essas minhas palavras Senhor Presidente. Ver. Pedrinho Cabeleireiro – Senhor Presidente, hoje estou entrando com três indicações. Elas são voltadas ao esporte: que seja colocado refletores no Estádio do Carecão e que seja também providenciado ali na Vila Industrial e no campo do Poeirinha, então, a gente vê grande necessidade, pois estamos vendo os eventos acontecendo, o esporte ressurgindo em nossa cidade e a gente viu ali no Distrito de Pontinha do Cocho, até não foi comentado aqui nessa Casa, que vai ser feito um estádio, então, a gente viu ali que o Prefeito vai fazer um campo lá com refletores, vai estar com irrigação e isso é de grande valia. E esperamos que nossa cidade também seja agraciada, então, essa é uma Indicação que fiz em conjunto com os colegas vereadores, o Ver. Professor Jean, o Senhor Presidente e esperamos que nossa Secretária de Educação atenda essa solicitação vinda do nosso povo e eu tenho certeza Senhor Presidente que isso será de grande valia até para nós vereadores que gostamos do esporte, participamos aí da Assomasul, não conseguimos ter êxito – não é, Ver. Jerson Junior, mas participamos, tínhamos lá nossa camisa dez, Ademar Laurindo até fez um gol né Vereador – o nosso camisa nove não pôde participar dessa vez porque veio já machucado ali do Distrito de Pontinha do Cocho, mas fez até gol, Senhor Presidente, lá no patrimônio, ali, então, participamos daquela festa, num evento bem agradável e a gente fica muito feliz. E esperamos que nosso Prefeito atenda essa solicitação, um pedido pequeno, acho que não vai gatar muita coisa e quem tem muito a ganhar é nosso povo. Fico feliz também, Senhor Presidente, do nosso Prefeito, o Chefe do Executivo estar preocupado com o esporte do nosso município. A gente no passado tentamos trazer o MMA, até reunimos os colegas vereadores, tentamos, Vereador Líder do Prefeito, mas não tivemos êxito. E o Prefeito Manoel Nery já de portas abertas atendendo a solicitação da nossa gente, isso é importante que ele mesmo, Senhor Presidente, em discurso lá que já está se organizando para que o ano que vem tenha em nosso município novamente, você vê, teve bastante gente participando e isso envolve as pessoas que gostam desse esporte em nosso município. Fico feliz também porque tive boas notícias ali dos moradores, dos produtores da região do Distrito de Pontinha do Cocho, onde nos questionavam sobre questão de estrada e o Prefeito através do nosso Secretário Godofredo está a todo vapor atendendo as necessidades, fico feliz também, até deixar registrado para nossa população, o nosso povo que está aqui presente, que foi licitada – não é, Vereador Líder do Prefeito? – uma escavadeira hidráulica e isso aí será de grande valia, você vê, é uma máquina que faz o serviço que, está aqui Ademar Laurindo que conhece muito de estrada – não é, vereador? –  faz o trabalho de esteira e para vocês verem, aquele dia tivemos aqui na sessão anterior onde o Deputado Wander se dispôs a dar mais uma, então, acredito que o ano que vem nossa Secretaria de Obras vai estar equipada de maquinários, sabemos aí que está chegando mais dois caminhões para ajudar nossa Secretaria e temos um caminhão que já chegou e muitas outras coisas que vai estar vindo para nosso município. Em conversa, Senhor Presidente, com o Líder do Prefeito, até ele me convidou porque nossa Senadora Soraya tem um milhão para dar para Camapuã, mas quer que nós vamos a Brasília, até estamos nos organizando, a gente não foi a Brasília ainda esse ano e lá é que está o dinheiro. Então, lá que a gente tem que buscar o recurso para atender a nossa população. Então, esperamos que nosso Prefeito organize uma agenda para que a gente possa, em comitiva, juntamente com os colegas vereadores estar indo a Brasília e batendo na porta dos deputados, que o ano que vem tem eleição, o ano que vem eles querem voto, então eu já falei: se o Deputado Wander que já se dispôs a colocar dois milhões em recapeamento para Camapuã, se ele colocar a gente vai estar… até falei com o Vereador Ronnie Sandro, conseguir essa escavadeira hidráulica, a gente vai estar se organizando aqui juntamente com o Ver. Hélio um time para angariar voto para esse parceiro. Então, Senhor Presidente, a gente fica feliz com o que vem acontecendo em nosso município. E fico feliz hoje da presença também dos alunos, professores que aqui estão participando dessa sessão, devido a pandemia há muito tempo não vinham pessoas participarem, só naquela Sessão Solene. Então, quero deixar aqui nossos agradecimentos de boas-vindas, quando puder venham participar mais, nosso gabinete, o gabinete do Ver. Pedrinho está à disposição de vocês e de toda população que nos acompanha também através das redes sociais. Foram essas minhas palavras, Senhor Presidente. Ver. Ronnie Sandro – Hoje estou entrando com uma Indicação e ela é ao Senhor Prefeito Manoel Nery e Secretário André Targino. A gente está tendo muita reclamação, que seja disponibilizado um médico perito para assinar atestados de óbito no município de Camapuã. A reclamação que a gente tem é que esses médicos que tiram plantão não estão assinando óbito. Sabe aquelas mortes naturais que as vezes a pessoa está em casa acamado e vem a falecer? O Dr. José acho que sabe mais ou menos do que estou falando e aí o pessoal da Pax está reclamando que demora muito para pegar essas assinaturas, que às vezes o médico que está tirando plantão não quer assinar o óbito. E o que a gente está pedindo? Que o Prefeito designe um médico, determine um para fazer a assinatura, que aí os entes queridos da família não fiquem esperando tanto tempo para acolher essa assinatura de óbito, assim é a reclamação que têm passado para mim, eu sou leigo nessa parte, Dr. José acho que tem um esclarecimento melhor. APARTE – Ver. Dr. José Dias – No tocante à confecção dessa Declaração de Óbito, caberia ao Prefeito nomear um médico para fazer tal serviço, é o que determina a Lei. Em segundo lugar também, determinado pela Lei, que o médico plantonista [2]confeccione esse laudo. Acontece que nem sempre o médico não quer fazer, não tem como obrigar ele a fazer. Na época do governo Marcelo, por duas vezes eu estive que ir a Coxim liberar um corpo que saiu daqui. O legista não aceitou fazer o laudo porque não era morte violenta. Eu fui obrigado a sair daqui, na época o prefeito me convidou por volta das duas da manhã para ir trazer este corpo de volta, liberar o corpo, caberia eu chegar lá fazer o laudo para o paciente voltar. Isso que o senhor está solicitando é muito importante, pois a todos os governos foi solicitado que fizesse o contrato dessa pessoa de verificação de óbito, mas até hoje ninguém ouviu, acha que é caro pagar o médico, quer levar a declaração de óbito de graça que é ocupando o médico que está de plantão, ele não quer fazer, eu caberia em terceiro lugar o médico do ESF fazer, previsto na lei. Acontece que tem ESF aí que o médico não faz, fala que não faz, não vai nem ver o morto, muito obrigado. Ver. Ronnie Sandro – Obrigado, Dr. Vereador Dr. José Pelas informações. É o que a gente está pedindo aí, o que o senhor falou mesmo, que o prefeito designa um médico para fazer estes atestados de óbitos. Eu gostaria de fazer aqui (…) APARTE – Ver. Hélio Policial –  Senhor vereador, que pese a indicação de Vossa Excelência, hei de vir aqui e dizer que já estive despachando diretamente com nosso chefe do executivo. Diga-se de passagem, aí, apresentou bastante lançamento aí. Quero dizer a Vossa Excelência que este serviço de verificação de óbito que é feito de competência do município já foi despachado com prefeito, já está verificando esta possibilidade. Nas mortes naturais é responsabilidade do município, então, existe o chamado serviço de verificação de óbito que já está em andamento e vai ser feito aqui em Camapuã, nos demais casos que são as mortes violentas que o Dr. José disse, esses casos, eu posso dizer para os senhores com propriedade na condição de Policial Civil, que todas as mortes violentas vão parar lá na Delegacia para serem investigadas a causa da morte, elas são assinadas pelo médico legista. Então, esses atestados, em regra, já vêm assinados pelo IML. Então, espero que tenha sido claro, somado à sua indicação e dizer que já está em andamento serviço de verificação de óbito, as abreviaturas são chamadas de SVOs. Muito obrigado. Ver. Ronnie Sandro – Obrigado, vereador. Obrigado pelas informações. Muito obrigado pela força. Eu gostaria aqui também de pronunciar um pouco, pois a gente está tendo várias reclamações, não sei os nobres vereadores, eu tive várias reclamações de pessoas que conseguiram remédios judicialmente e não está conseguindo, conseguiram o direito desses remédios e não está conseguindo o remédio na secretária, está demorando a licitação, ou às vezes vem muito pouco e tem, inclusive, pessoas que tem doenças grave, tem pessoas que não consegue nem dormir, tem pessoas que falaram para mim que tem mais de dez dias que não dorme por falta desses remédios, então, isso é muito preocupante e a gente fica até meio comovido, a gente sabe que é tudo moroso, que tudo tem uma licitação, que é difícil, mas a gente também não pode deixar de cobrar. Eu gostaria de dizer ao nobre vereador Pedrinho que a gente está, eu, este nobre vereador está pronto também para ir a Brasília para bater no gabinete da senadora, dos outros senadores, dos deputados federais, para trazer recurso para Camapuã. Porque nós fomos eleitos para isso e eu tenho visto isto aqui, que todos os vereadores estão empenhados em fazer esta função aos deputados federais, estaduais, senador, a gente tem ido, eu tenho ido com vários, a gente tem visto o trabalho, eu quero inclusive parabenizar vossas excelências por este brilhante trabalho de estar ajudando o prefeito, o prefeito animado está bem, mandando os projetos tudo certinho. E quem ganha com isso é a população, é o povo de Camapuã que nos elegeu para isso. Eu gostaria mais uma vez de parabenizar todos que se fazem presentes aqui. Meu muito obrigado. Ver. Ademar Laurindo – Eu hoje só quero fazer umas cobranças ao nosso prefeito, ao nosso secretário, sobre aquele trevo que foi solicitado por mim, tirou ali da Bonfim, e ficaram os buracos, esta aquela multidão de buracos ali, é bom a gente dar uma ajeitadinha que foi tirada aquela pressão lá, vai ter que arruma senão depois vamos ter que pagar alguma coisa, porque mandaram tirar e não consertaram, então, eu quero pedir a atenção lá do nosso secretário Godofredo para que nos atenda mais esse pedido. E para trás aí tem muitos buracos também ali e, já aproveitando, faz tudo em uma vez só. Então, pedindo ao nosso líder também, já, fazer uma forcinha para nós. E também estou pedindo para aquele asfalto nosso lá da Hugo Bonfim, BNH, aproveitar e fazer aquele asfalto antes da chuva porque depois não vai ser fácil. A obra que está parada praticamente, pois há muito tempo já está liberada, acho que tem que procurar a empresa lá para dar continuidade. E tem as saídas que vai até na BR-060, então, vai subir em cima aí e tem que ser feito também aquela parte lá. E também avisar o Godofredo, fazer um lembretezinho para ele da nossa indicação que fez junto com o Jerson Junior, da nossa academia ao ar livre, lá no BNH, já está tudo liberado, tudo certinho, estamos esperando a montagem daquela parte também, então, estamos esperando para ver o que vai acontecer. APARTE – Ver. Pedrinho Cabeleireiro – Só para reforçar o seu pedido quanto à questão do trevo. Eu passei por lá, vi a situação que se encontra e algumas pessoas até me questionaram também, vereador, a cobrança de Vossa Excelência, bem colocada. O nosso secretário, o que ele tem que fazer? Pegar as massas ir lá e tampar, aquilo não podem ficar naquela situação, pode acontecer ali de um bicicleteiro, uma pessoa de moto cair, então, a gente esperamos providências, reforçando o pedido de vossa excelência sobre esta questão do reparo na Rua Bonfim. E sobre a questão da academia ao ar livre, até para deixar esclarecido para a vossa excelência que a academia está lá. Então, não é nada mais justo que o nosso prefeito, os nossos secretários, que o prefeito está viajando atrás de recursos, mas os nossos secretários que são os responsáveis por esta situação têm que botarem o pé no acelerador. Porque às vezes a gente cobra, a gente já fala, deixa esclarecida para a população, e daí as coisas não acontece e o bambu pega ne quem? O bambu pega em nossa moleira. Então, a gente espera providência, esperamos que o prefeito, os nossos secretários atendam a solicitação de vossa excelência sobre a questão do trevo e sobre sua indicação, sobre a questão da academia ao ar livre, que isso é saúde, é de grande importância para os moradores que mora ali no Bairro do Cristo, BNH, e nós também que fazemos uma caminhada e passamos por ali, ou seja, faz um aquecimento. Obrigado pelo aparte. Ver. Ademar Laurindo – Obrigado, obrigado. Mas a parte da academia ali, pelo desenho que nós temos, pelo projeto que foi feito, ela vai ser muito bonita, muito bem feita, ali é entrada da cidade e seria até um cartão postal para nós. “Então, Godofredo você dá uma pensadinha logo aí para nos atender”. E peço para o nosso líder do prefeito que nos dê uma pressãozinha aí para que tudo aconteça e, fatalmente, mesmo aqueles buracos lá que o Vereador Pedrinho estava falando, estava comentando, isso pode acontecer um acidente ali. E quem é o culpado? A gente fez a indicação para tirar tudo, mas os buracos ficaram. Então, acho que temos que correr atrás e tentar ajeitar as coisas melhores. Muito obrigado e boa noite. Ver. Hélio Policial –  Senhor Presidente, embora a semana tenha sido bastante corrida, tirei um tempinho para despachar com o prefeito as indicações que, semanalmente, ouço na condição de líder do prefeito nessa Casa. E as ouço atentamente e levo ao prefeito para que ele faça a avaliação, os despachos devidos, os encaminhamentos para as pastas para que os secretários também façam as avaliações e verifiquem as possibilidades de dar atenção, o atendimento, cumprimento a essas solicitações de vossas excelências, que não preciso ser repetitivo aqui, porque essas indicações dos senhores, nada mais são que um contato de nós vereadores com a população. Então, nós somos aquele elo, de ligação não diria, mas um elo que vai diretamente àquilo que a população quer e pensa da administração aos nossos gestores. Não é, Vereador Marquinhos? O Vereador Marquinhos apresenta bastantes indicações aqui neste plenário. Então, despachei com o prefeito e todas elas foram devidamente vistadas e encaminhadas aos secretários. Senhor presidente, honestamente, nesta noite quero dizer a vossa excelência que me saltaram os olhos de forma positiva ao ver o prefeito Manoel e toda sua equipe fazendo esses lançamentos e entrega de obras aí na semana que finalizou a comemoração do 73º aniversário de Camapuã. Então, sinceramente, acompanhei todas as entregas e, honestamente mais uma vez, fiquei extremamente lisonjeado de poder fazer parte desse grupo e sei que essa Casa de Leis aqui tem participações diretas naquilo tudo que foi feito, as aprovações aqui ninguém nunca mediu esforço para aprovar todos os projetos do prefeito e que vão em benefício à nossa coletividade. Não é, Vereador Pedrinho? Então, o prefeito e toda sua equipe, todos os seus secretários estão de parabéns, fica aqui meus parabéns ao nosso prefeito que, inclusive, encaminhou aqui um projeto de urgência aqui para gente para que pudesse ser realizado – não é, Vereador Jerson? – o nosso evento único, que o Pedrinho disse ali agora pouco do MMA. Então, fica aqui os nossos cumprimentos também a toda equipe do MMA que organizou de forma bastante extrema, atendeu todas aquelas expectativas, o nosso mestre Nilson, os professores aqui, o nosso Campeão Vinicius e o professor Enéas trabalharam duro fazendo aquela organização magnífica, muito bonita. Eu estive presente e fui até o final e foi um momento único para Camapuã, nosso guerreiro, nosso herói Vinicius ali, diríamos assim, respondeu pela expectativa que o nosso povo esperava. Então, é um lutador que merece os nossos aplausos e é reconhecido aqui em Camapuã. Então, ficam aqui os nossos parabéns a toda equipe do MMA e também a equipe do prefeito. Senhor Presidente, estava olhando, observando a fala do Vereador Pedro Dias Pereira aqui com relação a entrega de maquinários, tive observando, fazendo uma avaliação com pessoas que já são da política aqui antiga, Vereador Pedrinho, e verifiquei que nunca na história de Camapuã aconteceu o que está acontecendo agora. Duas motoniveladoras, uma zero, caminhões licitados que estão vindos escavadeiras hidráulicas, tem uma pá carregadeira para vir também, Vereador Pedrinho. Então é algo assim fora do normal. E quem ganha com isso, Senhor Presidente? É a população de Camapuã. O acervo de equipamento e maquinários que vão ser destinados à secretária de obras, secretaria de infraestruturas cujo secretário é o Godofredo, ele não vai ter o ano que vem como vossa excelência mesmo disse, Vereador Pedrinho, não vai ter mais nada o que dizer, ou seja, vai ter que trabalhar em prol do povo. Essas estradas aí vão ter o mesmo padrão da estrada do Mandioca que acabamos de entregar lá, está um tapete, estive lá e está de parabéns o Godofredo. Então, eu diria que tudo isso é somatória do trabalho de cada um desses vereadores. Ou seja, com o prefeito que não mede esforços para trabalhar e cada dia que passa está só avançando, Vereador Pedrinho, de forma positiva. [3]APARTE – Ver. Pedrinho Cabeleireiro- Eu fico até motivado com a fala de Vossa Excelência, até porque participando da gestão anterior, sabendo do sofrimento desta Casa de Leis naquele momento, onde não participamos de nenhuma inauguração, e agora já participamos de várias e lançamento de outras, então, a gente fica muito feliz. Porquê? O beneficiado, é quem? É quem paga o seu imposto, o imposto do nosso povo está sendo revertido em boas ações e também fico feliz com uma Câmara de Vereadores atuante, onde os parlamentares são todos preocupados, correndo atrás de recursos, correndo atrás de emendas, todo mundo se unindo em uma força tarefa para trazer as coisas para o nosso município. E isso nos dá alegria e a gente fica até emocionado quando a gente vê algo acontecendo no nosso município. E creio que muito mais vai acontecer, para você vê, a policlínica que vai ser uma das maiores obras, quem vai ser o beneficiado? A nossa população na questão da saúde, Vossa Excelência muito bem sabe e está o projeto aí para toda a nossa população ver. Eu vou aproveitar esse gancho da parte de Vossa Excelência, até porque me esqueci de falar no meu Grande Expediente, cobrar do nosso presidente, o Título de Mulher Inspiradora, que não teve esse ano devido à pandemia. Eu acho que isso é um título muito importante, a valorização nossa com a mulher brasileira, com a mulher do nosso município. Ver. Hélio Policial- Concordo radicalmente com as vossas palavras, Vereador Pedro Dias Pereira. E para finalizar, vereador, quero dizer a Vossa Excelência e, principalmente, ao Dr. José Dias, vereador representante da saúde no nosso município que estamos fazendo gestão com o prefeito e com o secretário de saúde para que a Pontinha do Cocho receba um tratamento merecido que, de segunda à sexta-feira, receba um atendimento médico, então, nós estamos fazendo gestão com o prefeito para que ele disponibilize um médico. E parece-me que estão fazendo um contato com o Dr. Newton, Dr. José, para que ele faça esse atendimento. Então, fica a Dra. Melissa às terças e quintas-feiras, enquanto o Dr. Newton vai completar a semana. Então, vai ser algo bastante interessante, bastante útil para a saúde da população do distrito. O vereador está lembrando aqui que a nossa indicação para a instalação de um raio-X odontológico e uma cadeira já foram instalados lá na Pontinha do Cocho e quem tem a ganhar com isso é o povo. Então, mais uma vez, Senhor Presidente, parabenizo a cada um desses vereadores, que todos não mediram esforços para aprovar, para votar, para buscar emenda e melhorar a condição do nosso município que, na última década que eu resido aqui, muitas reclamações e agora graças a Deus está caminhando para o sucesso, para um futuro bem próspero. Muito obrigado e ótima noite a todos. Ver. Prof. Jean – Senhor Presidente, população. Eu venho na noite de hoje no Grande Expediente fazer aqui quatro indicações. A primeira, endereçada ao nosso excelentíssimo prefeito Manoel, com cópia ao secretário Jean, com cópia ao secretário Godofredo, para que seja realizada a pavimentação com o uso de paralelepípedos na Rua dos Jesuítas entre a travessa Alaor Gonçalves na Vila Pedro Luiz Amorim até o começo da estrada boiadeira, na Rota das Monções, na Vila Francisco Faustino. Então, trata-se de um pequeno trecho de terras na Rua dos Jesuítas no qual seria importante o calçamento com o uso de paralelepípedos. O paralelepípedo é considerado um pavimento ecologicamente correto, pois não utiliza rejuntamento de argamassa o que permite infiltração da água da chuva, possibilitando a recarga do lençol freático, além de diminuir o risco de enchentes já que utiliza o rejuntamento, areia ou pedrisco, nesse sentido, seria importante esse tipo de serviço para melhorar a acessibilidade e trazer maior conforto aos moradores locais. Então, essa rua é a do cemitério, próximo do Pedro Luiz Amorim, na Vila Francisco Faustino, então, é um pequeno trecho, líder do prefeito, que seria importantíssimo fazer esse calçamento ali, as ruas da vila já estão recebendo o calçamento com paralelepípedo, então, aquele trechinho ali, antes da Rota das Monções, seria importantíssimo ter esse calçamento e certeza que será realizado pela nossa administração municipal. Presidente – Ver. Lellis Ferreira da Silva – Se não me falha a memória, Excelentíssimo Vereador Prof. Jean, essa solicitação já foi feita aqui nesta Câmara de Vereadores esse ano e, segundo informações que temos, vai ser feito também esse trecho de paralelepípedos, eu acredito que daqui um mês, um mês e pouco vai estar começando a construção  desse pequeno trecho que fica ali no bairro popular, conhecido como assentamento, vai ser feito essa obra que é de cobrança de vossa senhoria, bem com o dos demais vereadores desta Casa de Leis também a título de complementação. Ver. Prof. Jean – Excelente Senhor Presidente, obrigado pela complementação. A segunda indicação na noite de hoje, Senhor Presidente, endereçada ao prefeito Manoel, com cópia ao secretário Jean, com cópia ao secretário Godofredo, para que seja realizado o serviço de manutenção na Rua Ana Leite Martins, na Vila Izolina Araújo de Barros, nesse município de Camapuã-MS. Então, a rua supracitada é de pequeno comprimento sendo revestida por cascalho, porém, há algum tempo não recebe a devida manutenção e com isso apresenta desníveis e buracos dificultando a sua acessibilidade. Nesse sentido, é necessária a sua manutenção o mais breve possível para trazer conforto aos moradores locais. E importante também seria realização de estudo para posterior processo de pavimentação asfáltica e o revestimento por paralelepípedos na referida rua, essa rua também é uma rua bem curta, revestida por cascalhos. Então, ela está necessitando de um serviço de manutenção e também, futuramente, um processo de pavimentação asfáltica ou paralelepípedos, isso aí é a cargo do setor de engenharia da Prefeitura de Camapuã-MS. Terceira indicação, Nobres Pares, população, público, endereçada ao nosso excelentíssimo prefeito Manoel, com cópia ao secretário Jean e ao secretário Marcelo Ferreira Miranda – Diretor Presidente do Fundesporte, que seja analisado para o ano de 2022 a possibilidade de contratação de um profissional de educação física para atuar nas academias ao ar livre no município de Camapuã-MS. Então, a gente está sempre pedindo, reforçando a questão das academias. Não é, Primeiro-Secretário Pedrinho? Então, que seja feito o estudo, uma análise com a possibilidade de contratação de um profissional de educação física, então, o município de Camapuã-MS, ele tem instalado em alguns bairros a academia ao ar livre que ficam à disposição da população para a realização de atividades físicas, porém, seria importante se o município disponibilizasse um profissional habilitado em educação física que, mediante um cronograma, pudesse ficar à disposição da população como forma de incentivo e principalmente para auxiliar de forma correta na utilização dos equipamentos das academias e, também, na realização dos exercícios físicos. E nossa quarta e última indicação na noite de hoje, Nobres Pares, Senhor Presidente, população, público, encaminhada também ao prefeito Manoel, com cópia ao secretário Jean, ao secretário Godofredo e ao senhor Marcelo Ferreira Miranda – Diretor Presidente do Fundesporte, que seja realizado o serviço de paisagismo e jardinagem com a instalação de um parquinho para as crianças, bem como a construção de uma quadra de areia no terreno público municipal, localizado na Rua das Flores, entre a Rua das Violetas e a Rua das Orquídeas, no Residencial Dona Eunice, em Camapuã-MS. Então, trata-se de um terreno público municipal localizado no Residencial Dona Eunice sem utilização e propício para a instalação de um parquinho para as crianças, bem como a construção de uma quadra de areia para a prática de vôlei de areia e futevôlei, incentivando a prática esportiva e valorizando o bairro local. E importante também seria a instalação de bancos de madeira reutilizável expostos em pontos específicos do terreno e de um conjunto com três lixeiras de coleta seletiva. Então, tem esse espaço no Residencial Dona Eunice que bem poderia ser ocupado com uma quadra de areia, com um parquinho para as crianças, feito um serviço de paisagismo e jardinagem embelezando e dando ao bairro, isto é, dando condições para a prática esportiva e valorizando tanto o bairro como o nosso município. Estas foram as minhas indicações na noite de hoje, Senhor Presidente. Boa noite à população que nos acompanha pelas redes sociais, público presente. Professor Jean, por você, por Camapuã. Ver. Jerson Junior – Senhor Presidente, três indicações. A primeira, endereçada ao secretário de saúde com cópia ao nosso prefeito, que seja realizado junto aos profissionais dos ESF, CAPS, Clínica Municipal e servidores da Secretaria Municipal de Saúde, a capacitação, uma reciclagem para atendimentos de primeiros socorros. É importante que todos esses profissionais tenham – não é, Vereador Dr. José? – esse conhecimento básico dos primeiros socorros, no atendimento às vezes inesperado que pode acontecer tanto no ambiente de trabalho, quanto em ambiente com a família, com os amigos. É importante que todos nós, principalmente, esses profissionais tenham essa capacidade de efetuar esses primeiros atendimentos em caso de necessidade. A segunda indicação, também para o secretário de saúde, que seja verificada a possibilidade de alteração do horário de funcionamento do ESF rural, pois conversando com algumas pessoas da área rural, algumas pessoas que utilizam o ESF rural, a maior demanda, hoje, dessa unidade é a partir das oito horas, nove, até às duas, duas e pouco da tarde. E muitas vezes as pessoas que vêm da área rural já utilizam o período da manhã para fazer algumas outras atividades, alguma outra demanda e chega à unidade dez e meia, próximo às onze da manhã e precisa aguardar o retorno às treze horas para, então, serem atendidas. E, nesse período, muitas pessoas não têm onde ficar, às vezes não têm condição financeira, acabam tendo que comprar marmitex e utilizam a sombra que tem ali ao lado da unidade para poder almoçar. Então, verificar com o secretário essa possibilidade de, de repente, alterar horário, fazer um horário diferenciado para atender essa população da área rural. A terceira indicação, direcionada à secretária de educação, à senhora Selma Maria Rodrigues Ramirez, com cópia ao prefeito que, também, seja realizada a capacitação para atendimento de primeiros-socorros para os profissionais do centro de educação infantil e escolas municipais, principalmente, senhor líder do prefeito, as creches como popularmente são conhecidas, os centros de educação infantil, lidam com crianças pequenas diariamente e pode acontecer, às vezes de uma criança engasgar, tiver algum problema, algum refluxo, alguma coisa desse tipo. E é importante que esses profissionais que atuam nessas unidades escolares tenham esse devido conhecimento e, caso seja necessário, executar esse atendimento. Em anos anteriores enquanto fui diretor de entidades filantrópicas, na creche, fazíamos esse trabalho de contratação, fazia essa capacitação com os profissionais. E muito bem foi utilizado porque houve uma vez que teve essa necessidade de fazer essa intercorrência imediata, os famosos primeiros-socorros e, felizmente, salvou a criança, poderia ter causado uma tragédia, mas graças a Deus o conhecimento que o profissional tinha sobre essa situação o ajudou a salvar essa criança. Também estamos aqui apresentando uma Moção de Aplausos direcionada aos agentes de comunitários de saúde e aos agentes de combate às endemias, pois ontem, dia quatro de outubro, foi o dia nacional dos agentes de comunitários de saúde e agentes de combate às endemias e, não só em comemoração ao dia nacional deles, desses profissionais, mas também ao trabalho que vem desempenhando nesse período de pandemia, auxiliando a secretaria de saúde nas vacinações, auxiliando a secretaria de saúde no rastreamento quando as pessoas são contaminadas pelo vírus e precisam ter um acompanhamento virtual, diário, para ver como está a situação de saúde, então, os nossos aplausos a esses profissionais pelo dia deles, que foi no dia quatro de outubro, ontem, e principalmente pelo trabalho que vem desenvolvendo em nosso município. [4]Também, aqui, aproveitar o momento, fortalecer a cobrança do nobre Vereador Ronnie Sandro sobre os remédios judicializados. Me ligaram, vereador, também, me mandaram mensagem, ligaram, mandaram cópia da receita, mostraram os medicamentos e, realmente, nos preocupa porque é uma demanda urgente, são pessoas que utilizam de medicamentos, passados aí a receita do médico do CAPS. Então, a população, já se fecharam nove meses, os remédios ainda não apareceram e é complicado. APARTEVer. Hélio Policial – Só para esclarecimento, a título de conhecimento, ouve uma licitação deserta e a outra já, da maioria desses medicamentos, até na sexta-feira chega, já foi feita a compra desses medicamentos. Inclusive, hoje, um, senhor vereador, um paciente nos procurou dando conta dessa situação, então, é interessante que nós aqui cobremos a administração. Mas gostaria de adiantar que já foi feita a aquisição, a compra deve chegar essa semana ainda e, segundo o nosso Secretário de Saúde André Ferreira, os medicamentos que não deram desertos chegarão a Camapuã-MS até sexta-feira agora. Muito obrigado. Ver. Jerson Junior – Ótima informação, líder do prefeito, esperamos que realmente chegue os remédios e a população possa ser atendida. Sabemos que alguns, ou seja, tem essa questão do deserto, que não tem ninguém que se prontifica a fornecer o produto, ou o valor desejável, mas aqueles que vierem com certeza será de estrema importância. Não é, Vereador Dr. José Dias? Reforçar também a cobrança do Vereador Ademar Laurindo, referente às ruas do nosso bairro. Não é, vereador? Cophavalle, a Rua Lucas Alves do Vale que é a última rua lá em baixo, Rua Durvalina Pereira que é a rua um, a Rua Ramiro Amorim que é a rua dois e a Rua Hugo Pereira do Vale que é a rua três, que são a ligação dessas ruas com a BR-060, ou com a Rua Pedro Celestino. Conversando com o secretário de infraestrutura, já há alguns meses, sobre essa demanda, realmente o problema está na empresa que ganhou a licitação e, até agora, não apareceu para executar, cobram, falam, pedi uma extensão de prazo e nunca aparecem. Eu, sinceramente, estou pra dar uma sugestão para o secretário: cancela essa empresa e faz uma nova licitação. Porque se for para ficar esperando um ano praticamente e não for realizado o serviço, não compensa. Presidente – Lellis Ferreira da Silva – A título de informação, Excelentíssimo Vereador, se não me falha a memória, esse processo foi do ex-prefeito. Mas Vossa Excelência está certinho com a cobrança, pois realmente tem que ser feito a verificação do andamento e ver, também, qual é a justificativa que essa empresa está dando hoje para não estar executando o serviço que já está licitado e o contrato confirmado com ela também. A título de esclarecimento para Vossa Senhoria. Ver. Jerson Junior – Obrigado, Senhor Presidente. Falar um pouquinho do projeto de lei que agora se tornou lei, foi sancionado pelo o nosso prefeito, Lei nº 2.220 que cria a “semana municipal de preservação história de Camapuã”, um projeto de lei em parceria com o Nobre Vereador Professor Jean. E a partir de agora – não é, professor? – esperamos que a gestão faça um trabalho coerente, conforme a conversa com a secretária de educação e, para que no próximo ano, possamos comemorar uma semana de preservação à nossa história e relembrar, Dr. José Dias, a cultura do nosso município, as tradições que o nosso município já viveu, vive em alguns momentos ainda, mas resgatar aqueles que não estamos revivendo. Também, em parceria com o Nobre Vereador Marquinho Moreira, apresentamos o projeto de criação da semana municipal do empreendedorismo, também agora é a lei municipal, Lei nº 2.221, que cria “semana municipal do empreendedorismo”. Em conversa com o Secretário de Agronegócio, Meio Ambiente e Empreendedorismo, disse que já estão com as tratativas para executar a semana, a terceira semana do mês de novembro, é a semana municipal do empreendedorismo. E esperamos aí que seja uma lei que traga, ajude a trazer benefício para o nosso município. E por último, agradecer a presença da professora Sara[5] com alguns alunos da escola, pois é importante, professora, de fato, o que vocês estão fazendo. A professora Desirée também está presente e é importante o que vocês estão fazendo, ou seja, trazer os jovens para o plenário da nossa câmara. Quem sabe daí não sai um vereador, um vice-prefeito, um prefeito no futuro, mas para que isso aconteça é importante que eles também entendam e presenciem como funciona a política, não só em nosso município, mas em nosso Estado, no nosso país. Então, vocês estão de parabéns pela iniciativa, sintam-se convidadas para outras oportunidades que possam estar presentes. Então, fica aqui os nossos parabéns e, também, deixo aqui as portas do nosso gabinete sempre que precisar, tiver alguma dúvida, alguma demanda que possamos ajudar. Estou à disposição, sempre, de vocês, dos alunos, da escola, mas os nossos parabéns novamente. Senhor Presidente, foram essas as minhas palavras. Boa noite a todos. Ver. Dr. José Dias – Penso que é muito salutar a presença dos alunos nesta Casa de Leis. Sabe que a política, a democracia, nasceram na Grécia e era feita em praça pública pelos os professores, pelos que detinham o conhecimento. Espero que essa não seja a última, que muitas outras vezes os professores compareçam a essa unidade. Porque política, política é a coisa mais importante que governa o mundo. Nada se faz sem política. Agora, uma boa política. E uma boa política se faz, professores, trazendo os alunos aqui, fazendo as críticas que acham pertinentes, fazendo crítica ao nosso trabalho que estamos aqui para aperfeiçoar. Muito obrigado. Senhor Presidente, eu estou entrando com quatro solicitações, sendo que a primeira delas é que seja feito a manutenção dos paralelepípedos, não sei se essa palavra está correta, manutenção dos paralelepípedos dos bairros: Bairro Antônio Pedro de Amorim, até tem uma foto dele e, também, do Bairro Santa Rita de Cassia, que é o bairro que eu moro que chama Santa Rita. É santo, mas o bairro está feio. A segunda indicação, que seja feita uma manutenção, eu vi um colega falando manutenção dos ares condicionados da Escola Municipal Dr. Sudalydio Rodrigues Machado, eu já fiz essa solicitação anteriormente e reintegro, de novo aqui, que seja feito a manutenção em todos ESFs, que eu estou referindo, porque eu já fiz de outros, referindo a do Bairro Alto e o do Cristo. Por que, senhores, a manutenção? Haja visto, senhores, que um grande ministro no tempo do FHC[6] morreu e, segundo consta, de complicações adquiridas por falta de manutenção dos ares condicionados. Se é verdade eu não sei, mas acontece que o ar condicionado não sendo feita a manutenção é uma fonte de doença. Ora senhores, “casa de ferreiro espeto de pau”, aonde é que se já se viu? Eu, há uns quatro meses, solicitei ao secretário, independente das solicitações que eu fiz na tribuna, que fizesse a manutenção dos ares condicionados. E ele disse que estava faltando a licitação e parece-me, senhores, que ele está com problema de licitar. Porque cinco meses ou mais, até hoje não fez essa licitação. Será que está faltando verba para essa licitação? Acredito que não seja, pois que em saúde a gente não pode economizar. Senhores, a última solicitação que eu fiz é que seja adquirido computador para os agentes de vigilância sanitária. Por quê? Porque eles estão trabalhando com os seus próprios computadores, que isso seja feito o mais rápido possível, que é impossível que não consiga trazer computadores para essa tão importante área da saúde que é a vigilância sanitária. Senhores, eu queria aqui voltar ao tal serviço de verificação de óbito, pois na realidade o que falta em Camapuã-MS, falta o perito criminal. Pois é uma vergonha, senhores. Eu já saí daqui de Camapuã-MS, havia uma pessoa que tinha sofrido um acidente – e isso faz pouco tempo – pra lá da lagoa, era mais ou menos umas sete horas e, às três horas da tarde eu voltei e, num sol relento, o de cujus[7] estava sendo cozido pelo o sol, coberto apenas por uns ramos. É uma vergonha. É um acinte à sociedade essa falta de zelo com o corpo humano. O médico tem muita preocupação, que uma das primeiras orações que ele faz na entrada na faculdade é aprender a lidar com o corpo, respeitar o corpo. Ora, quase todas as religiões, isto é, mexer com o corpo é profanação. Então, deixar o corpo sofrer ao relento é um absurdo. Então, esse perito fica lá em Coxim- MS e, até o cara chegar aqui de Coxim- MS, tem mais de duzentos quilômetros e ele nem sempre está à disposição. Eu até faço aqui uma solicitação ao secretário de segurança pública que providencie isso. Segunda coisa: um médico legista – eu vi um colega falando que o médico tem que ser legista – mas à medicina reconhece que qualquer médico o pode fazer desde que ele tenha conhecimento de causa, isto é, ele pode fazer a perícia. Agora, caberia ao prefeito nomear um médico ad hoc[8] e ele fizesse um treinamento para tal a fim de exercer essa profissão. Deslocar um de cujus daqui até Coxim- MS é longe pra caramba e, às vezes, a pessoa sai daqui e volta no outro dia e a família está aqui sofrendo. Quando eu cheguei aqui havia peritos que vinham de Campo Grande-MS, os médicos legistas, vinham de Bandeirantes- MS, tinham dois médicos legistas em Bandeirantes- MS e, esses legistas, foram embora para outro Estado e nunca mais voltaram. Eu fui nomeado, na época, perito ad hoc aqui, médico legista. E eu trabalhei durante seis ou sete anos, não sei, nunca me pagaram um centavo por aquilo. Eu gostava de fazer, eu até gostava de fazer porque no Rio de Janeiro-RJ eu fui perito e, hoje, não me interessa mais fazer isso. Mas eu já fiz várias perícias aqui de mortes violentas. Por quê? Quem é que dá o diagnóstico final? Talvez os senhores não saibam, mas é o médico patologista. Quando eu abro um de cujus – retiro as peças dele – eu tenho o meu diagnóstico, mas vai para o patologista e é ele quem dá o veredicto final. Meu muito obrigado. [9]ORDEM DO DIA – 1º Secretário – Ver. Pedrinho Cabeleireiro – ORDEM DO DIA PARA A SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 05 DE OUTUBRO DE 2021 – 1º – Projeto de nº 011, de 27 de setembro de 2021, de autoria do Vereador Prof. Jean, que: “institui o dia municipal em homenagem à primeira vacinação contra a Covid-19 no município de Camapuã-MS, e dá outras providências”, juntamente com os pareceres das comissões. – Quatro Indicações de autoria do Vereador Prof. Jean, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências; 3º – Quatro Indicações de autoria do Vereador Dr. José Dias, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências; Três Indicações de autoria do Vereador Jerson Junior, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências; 5º – Uma Indicação de autoria do Vereador Pedrinho Cabeleireiro, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências; 6º – Uma Indicação de autoria do Vereador Ronnie Sandro, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências; 7º – Uma Indicação de autoria do Vereador Marquinho Moreira, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências; 8º – Uma Indicação em conjunto dos vereadores Pedrinho Cabeleireiro, Lellis Ferreira da Silva e Prof. Jean, endereçadas a várias autoridades fazendo pedidos de providências; 9º – Uma “Moção de Aplausos”, de autoria do Vereador Jerson Junior, endereçada aos Agentes Comunitários de Saúde e Agente de Combate às Endemias. 10º– Uma “Moção de Aplausos”, de autoria de todos os vereadores, endereçada ao atleta de MMA Vinícius Matos. Em seguida, o presidente colocou em discussão a Ordem do Dia. Não havendo nenhuma discussão, a mesma foi à votação e obteve aprovação unânime dos senhores vereadores. 1º Secretário – Ver. Pedrinho Cabeleireiro – PARECER DA COMISSÃO DE LEGISLAÇÃO, JUSTIÇA E REDAÇÃO FINAL – CLJRF – I – DO OBJETO – Projeto de Lei nº 011, de 27 de setembro de 2021, de autoria do Vereador Prof. Jean. II – DA EMENTA – Institui o Dia Municipal em Homenagem a Primeira Vacinação Contra a COVID-19 no Município de Camapuã -MS. III – DO RELATOR – Vereador Ronnie Sandro. IV – DO RELATÓRIO – O Projeto é de autoria do Vereador Prof. Jean, estando o mesmo formalmente correto. Não há, no que concerne a aludida matéria, iniciativa reservada ao chefe do Poder Executivo (não consta no rol taxativo do artigo 61 da Constituição Federal e no artigo 36 da Lei Orgânica do Município de Camapuã), sendo, em princípio, competência concorrente. Salienta-se que o Projeto de Lei não impõe ônus ao Poder Executivo e consequentemente não representa violação ao Princípio da Separação dos Poderes (artigo 2º da Constituição da República Federativa do Brasil/1988). É o relatório. V – DO VOTO DO RELATOR – Diante do exposto, o Relator da CLJRF é favorável ao Projeto de Lei nº 011, de 27 de setembro de 2021, sem nenhuma emenda ou ressalva. Ver. Ronnie Sandro – Relator da Comissão de Legislação Justiça e Redação Final. VI – DA CONCLUSÃO DA COMISSÃO – O Vereador Membro desta comissão é favorável à tramitação do Projeto em análise, sem nenhuma emenda ou ressalva. Ver. Prof. Jean – Membro da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final. VII – DA APROVAÇÃO – A Comissão, por unanimidade, aprova a tramitação do Projeto de Lei nº 011, de 27 de setembro de 2021, sem nenhuma emenda ou ressalva, em 05 de outubro de 2021. Ver. Hélio Policial – Presidente da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final. Em seguida, o presidente colocou em discussão o referido Parecer. Não havendo nenhuma discussão, o mesmo foi à votação e obteve aprovação unânime dos senhores vereadores. 1º Secretário – Ver. Pedrinho Cabeleireiro PROJETO DE LEI Nº 011, DE 27 DE SETEMBRO DE 2021. “INSTITUI O DIA MUNICIPAL EM HOMENAGEM À PRIMEIRA VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 NO MUNICÍPIO DE CAMAPUÃ-MS”. Proponente: Ver. Prof. Jean. O PREFEITO DE CAMAPUÃ, ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL, no uso de suas atribuições legais, faz saber que Câmara Municipal aprovou e ele sanciona a seguinte lei:Art.1º – Fica instituído o dia 19 de janeiro como o Dia Municipal em homenagem à primeira vacinação contra a COVID-19 realizada no Município de Camapuã-MS. Art. 2º – Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. VER. PROF. JEAN, Autor. Em seguida, o presidente colocou em discussão o referido Projeto de Lei. Não havendo nenhuma discussão, o mesmo foi à votação e obteve aprovação unânime dos senhores vereadores. EXPLICAÇÕES PESSOAISPresidente – Vereador Lellis Ferreira da Silva[10]Antes de passar a palavra para os senhores vereadores, eu quero aqui neste momento agradecer aos alunos e professores da Escola Estadual Camilo Bonfim, alunos do terceiro ano, professores. E dizer que para nós vereadores é uma satisfação receber vocês aqui e estendemos o convite também às demais séries, aos demais professores também. E pode ter certeza que, para nós, ficamos muito satisfeitos com a presença de cada um de vocês aqui. A gente, todos nós vereadores, sentimos muitas vezes falta do púbico presente na sessão. Mas sabemos que todos nós temos que trabalhar também e, mais uma vez, estendemos o convite e não só à Escola Estadual Camilo Bonfim, bem como às demais escolas. E deixo aqui um abraço para o diretor da escola, o professor André, que faz dias que ele tinha me informado que vocês viriam à sessão e, hoje, ele me ligou também e ficamos contentes. Agradecer mais uma vez a presença de todos vocês. Neste momento, eu coloco a palavra à disposição dos senhores vereadores para explicações pessoais. Ver. Hélio Policial – Senhor Presidente, já tive vontade em ocasiões pretéritas aqui em falar sobre o paralelepípedo. E hoje eu peço licença ao Professor Vereador Jean, Professor Jean, Professor Jerson Junior, aos nossos professores que aqui estão e, claro, aos nossos alunos que estão bastante afiados na matemática. Não é o meu ramo, Vereador Dr. José, falar sobre o paralelepípedo, pois me parece uma figura sólida, geométrica, que tem dois paralelos, paralelogramo. A figura, eu já conversei em ocasião com Vossa Excelência Vereador Pedrinho Cabelereiro, sobre o paralelepípedo, pois o que trata na verdade são as pedras ali com os formatos diferentes. O paralelepípedo que a gente sempre fala aqui já virou um apelido para aquelas pedras, diríamos assim. Mas na verdade o paralelepípedo é uma figura geométrica diferente daquelas pedras, então, como já pegou apelido de paralelepípedo, Dr. José, vamos [11]continuar como paralelepípedo. Todavia, hei de dizer que esta figura geométrica é bem diferente daquelas pedras com várias formas. Então, foram essas as minhas palavras e peço licença mais uma vez aos dois professores presentes para ter podido, isto é, ter feito essa consideração final. Muito obrigado. Ver. Pedrinho Cabeleireiro – Senhor Presidente, eu quero utilizar esse momento até pra deixar aqui registrado a presença da Professora Desirrée[12] com a qual tive o privilégio de estudar junto. E também a companheira, até fui ali conversar com ela se realmente estava falando o nome correto, a Mariana que esteve apresentando lá plaquinhas lá indicativas do primeiro round, segundo round, terceiro round. Então, a gente fica feliz dessa menina ser agraciada. Nós tivemos aí, vereador, a prata da casa como se diz. Então, a gente gostou, a gente ficou feliz nesse evento por ter uma pessoa do nosso município em estar participando, ou seja, é motivo pra nós vereadores. Também deixar aqui registrado, Senhor Presidente, que a carreta do amor está em nosso município para as pessoas fazerem os exames preventivos. Eu não vi vossa excelência falar, não vi nenhum dos senhores falarem, pois não prestei atenção, mas está aí pra atender a nossa população. Então, deixar aqui esse esclarecimento deste vereador porque acabei de ver ali, nem eu tinha conhecimento. Então, até pedi pra companheira aqui, obrigado Lohrany[13] por ter passado essa informação. E esperamos que a nossa população, os alunos, os professores participem mais da sessão, saber como é o envolvimento desses parlamentares. Porque muitas das vezes, senhor presidente, muitas pessoas acham que os vereadores só estão aqui e não se movimentam. E aqui os vereadores não se omitem. Eles não se furtam da sua função. Então, nós estamos aqui pra defender, pois somos a voz do povo. É que nem eu falo: sou empregado da nossa população. E se tiver demanda, manda pra este empregado de vocês que nós vamos estar correndo atrás pra resolver. E falar também, senhor presidente, não poderia deixar de falar sobre a questão do Título de Mulher Inspiradora. Estamos vendo aqui bastante mulheres hoje neste plenário. E esperamos, senhor presidente, que vossa excelência organize para que esse ano aconteça. Isso é importante. Ou seja, a mulher do nosso município ser agraciada. Nós tivemos esse projeto que foi de autoria da ex-vereadora Dra. Márcia e nós tivemos só uma vez – não é, Vereador Ronnie Sandro? – depois veio a pandemia. Mas foi um sucesso quando teve, ou seja, nove mulheres do nosso município sendo agraciada com esse título. E isso eu acho que é importante, senhor presidente. A gente viu aí o Título de Mérito Legislativo e de Cidadão Camapuanense e aqueles títulos que as pessoas ganharam naquele momento – as mulheres – até hoje elas comentam e falam: será que não vai ter mais? Será que só foi aquele ano? Então, a gente espera da parte de vossa excelência que tome atitude e resolva essa questão que será de grande importância para as mulheres do nosso município. Foram estas as minhas palavras, senhor presidente. Presidente – Ver. Lellis Ferreira da Silva – Vamos analisar, Excelentíssimo Vereador Pedrinho Cabeleireiro, a solicitação de vossa excelência. Ver. Dr. José Dias – Eu apenas queria tecer um pequeno que, na história da humanidade, a mulher já foi a principal figura. Na época matriarcal, o homem não sabia como também o homem não sabia por que surgiram os filhos, pois acreditava-se que eram filhos de Deus. Não sabiam que eram através dos contatos das relações. E assim a mulher dominava, ou seja, dominou séculos e séculos até que o homem descobriu que ele, no contato dele, é que saía o filho. Ledo engano dele que desconhecia que a mulher também era coparticipante e, assim ele passou a dominar porque ele tinha força. Ele tinha força e passou a dominar as mulheres. E isso, senhores, tem que acabar. As mulheres hoje ocupam o maior número dos bancos escolares dentro das universidades. As mulheres estão se destacando no comando das grandes empresas do mundo. As mulheres são o maior número, senhores, pois acredita-se que dentro de alguns anos as mulheres serão setenta por cento da população do mundo. Por que as mulheres não ocupam todos os cargos? Porque hoje, como disse o Vereador Pedrinho Cabeleireiro que nos antecedeu, nós temos que dar “vivas” às mulheres. Nós temos que prestigiar as mulheres aqui nesta Casa. Porque se aqui nós não prestigiarmos que é a Casa de Leis, como é que vamos fazer? Muito obrigado. Ver. Prof. Jean – Parabenizar as nossas professoras, os nossos alunos por estarem presentes hoje na sessão. É uma grande alegria recebê-los. Levem o abraço carinhoso aos servidores da escola, bem como ao diretor, à diretora adjunta. Professor Jean, por você, por Camapuã. Em seguida, o presidente procedeu aos agradecimentos finais, principalmente a Deus, e declarou encerrada a sessão às 20h30min Eu, Moisés Mancebo Manhães Junior [14]lavrei a presente [15]ATA que, depois de lida e aprovada, será assinada pelos Membros da Mesa Diretora e pelos Senhores Vereadores.

            Ver. Lellis Ferreira da Silva                                 Ver. Ronnie Sandro                                   Presidente                                                                1º Vice-Presidente                                                 

Ver. Dr. José Dias                                                  Ver. Pedrinho Cabeleireiro

2º Vice-Presidente                                                   1º Secretário 

            Hélio Policial                                                          Ver. Ademar Laurindo

            2º Secretário

            Ver. Jerson Junior                                                  Ver. Marquinho Moreira

 

Ver. Prof. Jean


[1] Início da digitação por: Danny Lemos de Carvalho.

[2] Início da digitação por: Daniel Pereira Nunes – IEL.

[3] Início da digitação por: Morgana Dias Vieira.

[4] Início da digitação por: Ana Paula Lopes da Fonseca – IEL.

[5] Sara Dionísia Rodrigues de Azevedo.

[6] Fernando Henrique Cardoso – Ex-Presidente do Brasil.

[7]  Expressão forense que se usa no lugar do nome do falecido.

[8] O termo “ad hoc” vem da língua latina e significa “para isso” ou “para este efeito”.

[9] Início da digitação por: Moisés Mancebo Manhães Junior.

[10] Início da digitação por: Ana Paula Lopes da Fonseca – IEL.

[11] Início da digitação por: Moisés Mancebo Manhães Junior.

[12] Desirée de Podestá Etges   Rodrigues

[13] Lohrany Henrique de Medeiros – funcionária da CMV de Camapuã-MS.

[14] Agente Administrativo II

[15] Tempo Total – 01:18:56