FOLLOW US ON SOCIAL

20
janeiro
2022

Câmara supera expectativa e devolve mais de R$ 760 mil do duodécimo para construção do Complexo de Saúde

O compromisso feito pelos vereadores do município de Camapuã em colaborar com a construção do Complexo de Saúde está sendo cumprido com êxito. Neste ano, o valor do duodécimo destinado pela Casa de Leis para construção do espaço superou a estimativa feita em setembro, que era de R$ 600 mil.

“Graças ao empenho dos parlamentares e economia feita pelo Poder Legislativo ao longo do ano de 2021, foi possível devolver R$ 760.663,24 mil, que serão aplicados integralmente na obra do Complexo de Saúde”, anunciou o presidente da Casa de Leis, Lellis Ferreira da Silva.

Com isso, o valor total destinado pela Câmara para a construção do Complexo já chega a R$ 1.275.566,29, somando os montantes de 2020 e 2021.


O lançamento do complexo de saúde aconteceu no final de setembro do ano passado e na obra serão investidos R$ 2 milhões. O presidente da Câmara Municipal, que participou da solenidade de lançamento, chegou a se emocionar durante o evento ao lembrar que pessoas de sua família já enfrentaram dificuldades ao precisar de atendimento médico, e se comprometeu a fazer um grande esforço junto com os demais vereadores para realizar esse sonho antigo dos moradores de Camapuã.

Agora, ao fazer a devolução do duodécimo para a continuação da obra, Lellis mais uma vez destacou o compromisso com a melhoria do sistema de saúde no município.

“Nossa meta era devolver R$ 600 mil. Mas com a ajuda de todos, servidores da câmara, vereadores e demais colaboradores, conseguimos economizar mais e com muito orgulho chegamos ao valor de R$ 760 mil, ou seja, R$ 160 mil a mais do que o prometido. Tenho certeza que isso vai fazer a diferença no resultado final e em breve estaremos inaugurando essa obra tão aguardada pelos camapuenses”, disse.

Duodécimo

O duodécimo é um recurso proveniente da receita tributária do município e que é repassado pela prefeitura à Câmara Municipal.

É aplicado em despesas, como pagamento dos salários de servidores e dos vereadores, compra de materiais, pagamentos de serviços, entre outros.

Já a devolução do duodécimo é a parte desse montante que não é utilizada durante o ano pela Casa de Leis e que pode ser devolvida para a prefeitura ou aplicada em outras áreas, a critério dos parlamentares.

Em Camapuã, a atual mesa diretora vem destinando a sobra do duodécimo em ações em prol da população e o valor devolvido vem aumentando a cada ano.

Em 2019, por exemplo, os R$ 278.880,58 mil devolvidos foram destinados para 5 entidades (Hospital Municipal, Asilo, Creche Menino Jesus de Camapuã, APAE, AUCA) e outra parte utilizada para aquisição de uma antena repetidora de sinal de celular para a Vila Industrial.

Presidente Lellis Ferreira entregando cheque ao Prefeito Manoel Nery
Projeto do Complexo de Saúde em Camapuã